BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Omar bate de frente com Queiroga e apresenta PL para dar poderes à Anvisa



O senador Omar Aziz anunciou, na segunda-feira (29), que vai apresentar um projeto de lei pelo qual dá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) poder de decisão. A reação de Aziz vai de encontro à declaração do  ministro da Saúde, Marcelo Queiroga que, no início da tarde desta terça-feira (30), afirmou a jornalistas que “o passaporte da vacina não é um salvo conduto para garantir que o indivíduo não transmita o vírus”.

A afirmação de Queiroga causa perplexidade, já que especialistas têm afirmado que a transmissão do vírus por pessoas vacinadas diminui consideravelmente.

—  A Anvisa precisa ser respeitada. O que ela recomenda precisa ser tratado como determinação e ser cumprido por todos –, advertiu o senador.

O parlamentar – ex-presidente da CPI da Covid e atual presidente da Frente Parlamentar do Observatório da Pandemia – apresentará o PL com pedido de tramitação em regime de urgência.

Segundo a assessoria de Aziz, nesta terça (30) o projeto está em fase final de elaboração.

Restrição a estrangeiros

Omar reforçou que as recomendações dadas pela Anvisa, como exigir certificado de vacinação na entrada de estrangeiros no país, precisam ser cumpridas imediatamente.

— Isso sem necessidade de uma portaria do grupo interministerial –, escreveu Omar no Twitter.

Por Mário Adolfo 

Sem medo da Ômicron

Independente do risco da nova variante do novo coronavírus, a Ômicron, o Governo do Amazonas ainda não decidiu se mantém ou não o carnaval de 2022.  Mas confirmou que manterá 43ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro), maior feira de agronegócio da região Norte.

Cidade do Agro

A exposição será realizada no Kartódromo da Vila Olímpica de Manaus,  situado no bairro Alvorada, zona centro-oeste.

A Expoagro avcontecerá no período de 9 a 12 de dezembro.

— Vamos instalar no Kartodrómo uma verdadeira cidade do Agro —,disse Petrucio Magalhães Júnior, secretário de Estado de Produção Rural.

Tirou o time de campo

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (AM), está decidido.

Vai mesmo tirar o time de campo do PL.

Sua permanência no partido ficou insustentável com a chegada do presidente Jair Bolsonaro, filiação oficializada nesta terça-feira,  30/11.

O deputado deverá anunciar nesta  quarta-feira (1/12) sua saída da legenda e seu destino político.

Para onde vou?

Mas, para onde vai o deputado amazonense?

Até o momento, Ramos recebeu convites de sete partidos: SD, PSD, PDT, PSB, União Brasil, Republicanos e Podemos.

O compromisso de Ramos com o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, é de que nenhum anúncio seja feito nesta terça.

O povo quer saber

Alguns políticos e prefeitos do interior estão defendendo a barra de garimpeiros que tiveram balsas queimadas pela Polícia Federal no rio Madeira. Alguns estão até forçando a barra para indenizar esses garimpeiros. Mas, alguém está preocupado com a poluição das águas do rio pelo mercúrio?

Crime nas águas

O deputado estadual Cabo Maciel (líder do PL) é um dos que manifestou sua “peninha” em relação ao fim de uma atividade criminosa que envergonha o Amazonas em escala mundial. Afinal, a atividade do garimpo é uma agressão ao meio ambiente.

Então tá!

Maciel disse estar triste pelo  desespero das famílias que presenciaram a destruição de suas balsas e seu material

Mas o deputado em nenhum momento se manifestou em relação à contaminação das águas do Madeira, à contaminação dos peixes e à saúde do amazonense que se alimenta desses peixe contaminado por mercúrio.

Limpe o nome

Contribuintes do Amazonas têm somente mais um mês, até o dia 30 de dezembro deste ano, para aderir ao programa Refis 2021, que oferece descontos de até 95% em juros e multas de débitos estaduais inscritos na dívida ativa do Estado.

Do ICMS ao IPVA

Entre os principais tributos que podem ser negociados com a Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM), estão o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD).

Lula vai mudar...

Quem comanda tarifa da gasolina é o dólar. Lula quer acabar com isso

Em publicação nas redes, o ex-presidente Lula afirmou que não irá manter a política de paridade dos preços internacionais do petróleo.

O pré-candidato do PT em 2022 disse que será adotada a mesma política de preços da Petrobras empregada nos governos petistas.

... preço da gasolina!

— Digo em alto e bom som: nós não vamos manter essa política de preços de aumento do gás e da gasolina que a Petrobras adotou por ter nivelado os preços pelo mercado internacional.

No tempo do PT

Para Lula, quem tem que lucrar com a Petrobras é o povo brasileiro

— Fui 8 anos presidente da República. A Dilma foi por 6 anos. A gente tinha efetivamente uma política de preços compatíveis com a sobrevivência boa da Petrobras –, escreveu Lula no Twitter.

Complexo de vira-lata

Para o ex-presidente, qualquer candidato sério” descartaria a política de preços adotada pelo atual governo.

— Esse argumento é do complexo de vira-lata: insubordinar aos interesses das multinacionais que estavam preparadas para destruir a indústria de engenharia no Brasil e a indústria naval –, declarou.

Ninguém segura

E por falar em Lula, pesquisa eleitoral sobre a presidência feita pelo Atlas Político, divulgada nesta terça-feira (30), mostra que o ex-presidente segue na liderança e ampliou sua vantagem com relação ao segundo colocado, que é Jair Bolsonaro (PL).

Segundo o levantamento, Lula, que na última pesquisa do instituto tinha 40,6% das intenções de voto, cresceu 2,2 pontos percentuais e chegou a 42,8%.

Ladeira abaixo

Já Bolsonaro fez o movimento contrário: tinha 34,5% das intenções de voto e sofreu uma queda de 3 pontos percentuais, constando agora com 31,5%.

ÚLTIMA HORA

Flávio Bolsonaro implora para o pai esquecer a reeleição e salvar o irmão Carluxo

Pedido de fiho: Bolsonaro pode desistir da reeleição e disputar o Senado para salvar Carluxo

Aliados, o Centrão e agora o filho Flávio Bolsonaro querem ver o pai fora da disputa para as eleições de 2022. Todos com medo de uma iminente derrota para Lula. A sugestão é de que Bolsonaro vire candidato a Senador. o argumento é que ele venceria com facilidade e manteria o foro privilegiado. Flávio levou a sério a aflição do Palácio do Planalto com as pesquisas internas encomendadas por aliados do mandatário. A preocupação do senador visa também o irmão Carlos Bolsonaro que não pode ser candidato a nenhum cargo enquanto o pai for presidente.

Com o número de pessoas que reprovam a gestão bolsonarista em crescimento, o mandatário disputaria a reeleição com grande chance de não ser reeleito. Nesse caso, ele ficaria como Carluxo, sem foro privilegiado. “Pensa no Carlos”, implorou Flávio ao pai.

ORGULHO

Arte combate racismo: Maxwell saiu da favela para brilhar em Paris

Maxwell Alexandre , um brasileiro nascido na favela está impressionando o público na França com sua arte contra o racismo. O artista de 31 anos está expondo no Palais de Tokyo, museu de arte moderna em Paris.  Maxwell usa a arte como uma ferramenta para promover socialmente pessoas pretas. A exposição “New Power”-  ‘Novo Poder’, em tradução livre – ganhou o título do BK, seu amigo rapper. Maxwell cresceu na maior favela do Rio de Janeiro, a Rocinha e está expondo em Paris desde a última sexta-feira, 26.

VERGONHA

Polêmica: Boi de ouro foi rejeitado pelos paulista e multado pela prefeitura

A Prefeitura de São Paulo aplicou uma multa de R$ 38 mil à empresa que instalou a escultura Touro de Ouro em frente ao prédio da B3, no centro histórico de São Paulo. A obra do artista plástico Rafael Brancatelli, inaugurada no último dia 16, foi removida do local na terça-feira (23) da semana passada, após uma decisão da CPPU (Comissão de Proteção à Paisagem Urbana), ligada à Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento, que alegou falta de autorização do município para a presença da peça no espaço público e seu caráter publicitário.  000Desde sua inauguração, a escultura provocou controvérsia. Manifestantes atacaram a obra com pichação e colagem de cartaz com a inscrição “Fome”, além de atrair críticas de plágio por sua semelhança com o “Charging Bull” (touro em investida), escultura localizada em Wall Street, em Nova York.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.