BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Carnaval sem sexo e sem cachaça


Se depender da deputada estadual paulista Janaína Paschoal (PSL-SP),  carnaval de 2020 será no seco, sem sexo e sem cachaça. A parlamentar acaba de aderir à campanha defendida pela ministra Damares Alves pela abstinência sexual. Ao mesmo tempo, La Paschoal disse que o “preço da pinga” é um problema de saúde pública no Brasil e aderiu proposta do ministro Paulo Guedes (Economia) de aumentar a carga tributária para bebidas alcoólicas e tabaco.

Pelo Twitter, a advogada, que ganhou projeção nacional como autora do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), disse que importantíssimo o fato de a ministra Damares lançar a campanha para desestimular o sexo na adolescência, no mês do Carnaval.

Corpo é um templo

Para a deputada Bolsonarista, a iniciativa de Damares será útil a dois fins:

— Mostrar aos adolescentes que tudo tem seu tempo e lembrar também adultos que diversão não implica perder o freios. Todo corpo é um Templo! –, escreveu a jurista.

Xô satanás!

Sobre o imposto que pretende devastar os bolsos dos cachaceiros, Janaína  aproveito o ensejo para dizer que a proposta do Ministro Guedes, de elevar os impostos sobre álcool e tabaco “está em consonância com as boas políticas preventivas”.

Imposto do pecado

É isso mesmo que você acaba de ler. O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse  que o governo estuda enviar ao Congresso Nacional uma proposta que trata sobre o “imposto sobre pecados”, que elevaria a carga tributária sobre cigarros, bebidas alcoólicas e açucarados.

Desce uma!

Ao saber da intenção do ministro, o presidente Jair Bolsonaro, que gosta de enxugar uma Itaipava, foi logo dizendo:

Paulo Guedes, desculpa, você é meu ministro, te sigo 99%, mas aumento de imposto para cerveja não!

Aldemir é escola

O prefeito Arthur Virgílio (PSDB) vai prestar uma homenagem mais do que justa. Está inaugurando nesta sexta-feira, 07 de fevereiro, o Centro Integral Municipal Professor José Aldemir, um dos mais respeitados humanistas de seu tempo morto dia 22 de novembro de 2019.

Grande homem

Zé Aldemir  foi reitor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) de 13 de junho de 2010 a 21 de março de 2011. Era doutor em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo, era professor titular da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Salário antecipado

Falando em Arthur, o prefeito de Manaus disse que os servidores do município terão seus salários antecipados no mês de fevereiro. Serão quase R$ 140 milhões injetados na economia local a partir do dia 20.

Para Manaus com amor

Em sua página do Facebook, Virgílio fez uma comparação com outras cidades de país. Lembrou que seu pessoal serve com muito orgulho a cidade de Manaus.

— E é  com muito amor que eu procuro servir, eu próprio, aos servidores públicos, em agradecimento.

Valorizando o servidor

O prefeito finaliza dizendo que é  muito bom ter as contas organizadas, o que garante à prefeitura a fazer essa antecipação.

— Valorizar o servidor é, além de olhar os nossos funcionários, cuidar da cidade, porque eles trabalham bem e cuidam de Manaus da melhor maneira.

ICMS, uma vírgula

O deputado Zé Ricardo (PT) rebateu o argumento do presidente Bolsonaro de que a culpa pelo aumento nos combustíveis é dos governadores que não reduzem o ICMS. Zé 13 analisa que o estado tem uma grande arrecadação de ICMS sobre combustível e que compõe o orçamento para pagar os funcionários públicos e os investimentos.

—  Dificilmente os governadores vão abrir mão dessa importante arrecadação.

Buraco é mais embaixo

De acordo com o petista, o peso maior na composição de custos dos combustíveis está nos impostos federais e no preço internacional praticado em dólar pelo governo Bolsonaro.

— O presidente que jogar para os Estados a responsabilidade pelo aumento dos preços dos combustíveis e gás de cozinha – cutuca Zé.

Boa positiva

O Manauara Shopping reuniu, nesta quinta-feira 06/02,  jornalistas para um almoço  no restaurante Tio Armênio, no Piso Castanheiras. O foco do encontro foi dar boas vindas a 2020 e o agradecer a parceria. Participaram do encontro o superintendente do shopping, Fábio Deganutti e a  assessora de marketing, Isa Lucena. Desde os velhos almoços oferecidos pela Fieam – que foi extinguido pela crise – nunca se viu tantos jornalistas juntos.

A sete chaves

Nas rodas de conversa, a novidade era a chegada de algumas marcas famosas que devem aterrissar no  Manauara ainda em 2020. No entanto, revelaram-se o milagre, mas não o santo. Os nomes dessas novas lojas âncoras estão guardados a sete chaves pela administração do Centro Comercial.

Bella ciao

A jornalista e empresária de comunicação, Betsy Bell (leia-se Press Comunicação) agora está atuando no mercado sozinha. Sua sócia e grande parceira, a também jornalista Loredana Kontinsky deu uma parada por problema de saúde (já superado) e foi morar em Portugal, onde cursa o doutorado em Desenvolvimento Sustentável.

Corpo e alma

Foram mais de 15 anos de parceria, numa sintonia profissional e espiritual. À exceção de Tonico&Tinoco, nem dupla caipira trabalhou tanto tempo juntos.

Poupança no vermelho

A poupança começou 2020 no vermelho. É o pior resultado da história no mês de janeiro, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (6), pelo BC (Banco Central). Isso se deve às retiradas, que  superaram as aplicações na caderneta em R$ 12,356 bilhões no mês de janeiro.

Pior da história

O resultado negativo da aplicação preferida dos brasileiros no mês passado foi fruto de R$ 216,9 bilhões retirados e R$ 229,3 bilhões alocados na caderneta.

Ecos de  2016

Até então, o pior janeiro da história da aplicação havia sido registado em 2016, quando os saques na poupança superaram os depósitos em R$ 12,031 bilhões. No ano passado, o saldo negativo ficou em R$ 11,232 bilhões.

EM ALTA

Dois jovens indígenas passaram em primeiro lugar na UnB, Universidade de Brasília. João Emanuel Lopes Pereira Basto é da Tribo Pankará da Serra do Arapuá, em Pernambuco e a estudante Jakeline Maria de Jesus Santos é da Tribo Pankararu, também de Pernambuco. João Emanuel tem apenas 17 anos e passou em primeiro lugar para cursar medicina na UnB. Jakeline Maria de Jesus Santos, de 25 anos também alcançou o primeiro lugar na Universidade de Brasília para o curso de ciências sociais.

EM BAIXA

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) fez críticas diretas ao o ministro da Educação, Abraham Weintraub.  "Isso [Weintraub] é um problema do presidente da República. Todo mundo já sabe quem é o ministro. Eu quero tratar do Fundeb e da melhoria da qualidade da educação", disse. Nas últimas semanas, Maia disse que Weintraub representa a bandeira do ódio e que não é possível negociar com quem ataca permanentemente e agride pessoas em redes sociais.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.