BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

‘Zona Franca acima de tudo, Deus acima de todos’


Em encontro com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o senador do Amazonas, Omar Aziz (PSD), disse que o governo federal tem que tratar a ‘Zona Franca acima de tudo, Deus acima de todos’. Isso porque o modelo é garantido pela Constituição. O recado foi dado por Omar em virtude dos recentes ataques assinalando que o Pólo Industrial de Manaus (PIM) deve sofrer com perda de incentivos fiscais no Governo Bolsonaro.

Paulo Guedes disse que tem planos de novas matizes econômicas para o Amazonas, mas o senador deixou claro que isso deve ser somado ao que já existe. “Temos alternativas para atrair novos segmentos, mas não se pode desprezar o modelo atual”, disse Omar.

Do contra

Único voto contrário ao uso do FTI, o deputado estadual Wilker Barreto (PHS) aproveitou a presença do Secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Alex Del Giglio, na Aleam, para cobrar o valor real da dívida do Amazonas.

Pega no cofre

Barreto disse que sua intenção era que o governo usasse os R$ 417 milhões presentes na reserva de contingência. Somente assim não sacrificaria  a verba usada para aplicação no desenvolvimento das cidades do interior.

— É um fundo exclusivamente para o interior. Seriam recursos para aumentar a geração de emprego e renda, assim como potencializar a vida da população ribeirinha –, alfinetou.

Bateu o pé

O vice-líder do PR, deputado Marcelo Ramos, garantiu que o partido vai bater o pé  e não votar a reforma da Previdência se houver corte de direitos dos professores. Com a quarta maior bancada da Câmara, composta por 38 deputados, o Partido da República (PR) fechou questão hoje em relação à reforma.

— O PR só aceita discutir as propostas preparadas pela equipe econômica de Jair Bolsonaro se houver recuo em relação aos professores –, advertiu o parlamentar do Amazonas.

Respeito ao mestre

Para Ramos, é importante que se mantenham as regras atuais para a contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a aposentadoria de professores.

— Não vamos aceitar nem o aumento do prazo de contribuição nem idade maior para a aposentadoria –, avisou.

Faz um selfie aí!

O deputado federal Delegado Pablo (PSL-AM) tietou a primeira-dama Michel Bolsonaro ontem (27) na Câmara dos Deputados. Michele participou da sessão em homenagem ao Dia Mundial das Doenças Raras. O parlamentar aproveitou a oportunidade para tirar uma foto e postar no Facebook

Contas reprovadas

O  Tribunal de Contas do Estado (TCE) reprovou  as contas do município de Amaturá, de responsabilidade do ex-prefeito João Braga Dias. O relatório  do conselheiro  Érico Desterro, cujo voto foi seguido pelos demais membros do colegiado, considerou as contas  irregularidades.

Calote

O prefeito de Amaturá é acusado de uma série de impropriedades, entre elas atraso no envio de balancetes mensais ao TCE, falta de transparências, problemas em licitações e pagamento de obras não realizadas.

Devolve a babita!

O gestor foi condenado a devolver aos cofres públicos R$ 472 mil. Parte desse valor — R$ 419,9 mil — será devolvido, em solidariedade, com as empresas que amargaram o calote.

EM ALTA

Um casal brasileiro decidiu trocar a festa de casamento por um jantar solidário para famílias necessitadas. Ana Paula Meriguete, de 23 anos, e o educador físico Victor Ribeiro, de 24, comemoraram a união ao lado de desconhecidos, uma semana depois a cerimônia religiosa. O jantar para cerca de 160 pessoas do Centro Social de Santa Mônica, em Guarapari, no Espírito Santo, foi na última quinta-feira (21), com ajuda de familiares e amigos dos noivos.

EM BAIXA

Parece que o governo federal não se preparou para enfrentar a  ameaça de pandemia da gripe por H1M1 e abastecer os estados com a vacina. No Amazonas,  Estado e Prefeitura trabalham para adiantar a campanha de vacinação para março. Se você digitar “falta de vacina” no Google vai encontrar várias matérias relatando a dificuldade que o cidadão contribuinte (pobre, pois os ricos estão recorrendo a clínicas particulares) está encontrando, em todo o país,  para receber a vacina, que pode ser letal para os grupos de risco – aqueles que têm o direito de se imunizar agora.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.