Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

‘Zona Franca acima de tudo, Deus acima de todos’

Em encontro com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o senador do Amazonas, Omar Aziz (PSD), disse que o governo federal tem que tratar a ‘Zona Franca acima de tudo, Deus acima de todos’. Isso porque o modelo é garantido pela Constituição. O recado foi dado por Omar em virtude dos recentes ataques assinalando que o Pólo Industrial de Manaus (PIM) deve sofrer com perda de incentivos fiscais no Governo Bolsonaro.

Paulo Guedes disse que tem planos de novas matizes econômicas para o Amazonas, mas o senador deixou claro que isso deve ser somado ao que já existe. “Temos alternativas para atrair novos segmentos, mas não se pode desprezar o modelo atual”, disse Omar.

Do contra

Único voto contrário ao uso do FTI, o deputado estadual Wilker Barreto (PHS) aproveitou a presença do Secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Alex Del Giglio, na Aleam, para cobrar o valor real da dívida do Amazonas.

Pega no cofre

Barreto disse que sua intenção era que o governo usasse os R$ 417 milhões presentes na reserva de contingência. Somente assim não sacrificaria  a verba usada para aplicação no desenvolvimento das cidades do interior.

— É um fundo exclusivamente para o interior. Seriam recursos para aumentar a geração de emprego e renda, assim como potencializar a vida da população ribeirinha –, alfinetou.

Bateu o pé

O vice-líder do PR, deputado Marcelo Ramos, garantiu que o partido vai bater o pé  e não votar a reforma da Previdência se houver corte de direitos dos professores. Com a quarta maior bancada da Câmara, composta por 38 deputados, o Partido da República (PR) fechou questão hoje em relação à reforma.

— O PR só aceita discutir as propostas preparadas pela equipe econômica de Jair Bolsonaro se houver recuo em relação aos professores –, advertiu o parlamentar do Amazonas.

Respeito ao mestre

Para Ramos, é importante que se mantenham as regras atuais para a contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a aposentadoria de professores.

— Não vamos aceitar nem o aumento do prazo de contribuição nem idade maior para a aposentadoria –, avisou.

Faz um selfie aí!

O deputado federal Delegado Pablo (PSL-AM) tietou a primeira-dama Michel Bolsonaro ontem (27) na Câmara dos Deputados. Michele participou da sessão em homenagem ao Dia Mundial das Doenças Raras. O parlamentar aproveitou a oportunidade para tirar uma foto e postar no Facebook

Contas reprovadas

O  Tribunal de Contas do Estado (TCE) reprovou  as contas do município de Amaturá, de responsabilidade do ex-prefeito João Braga Dias. O relatório  do conselheiro  Érico Desterro, cujo voto foi seguido pelos demais membros do colegiado, considerou as contas  irregularidades.

Calote

O prefeito de Amaturá é acusado de uma série de impropriedades, entre elas atraso no envio de balancetes mensais ao TCE, falta de transparências, problemas em licitações e pagamento de obras não realizadas.

Devolve a babita!

O gestor foi condenado a devolver aos cofres públicos R$ 472 mil. Parte desse valor — R$ 419,9 mil — será devolvido, em solidariedade, com as empresas que amargaram o calote.

EM ALTA

Um casal brasileiro decidiu trocar a festa de casamento por um jantar solidário para famílias necessitadas. Ana Paula Meriguete, de 23 anos, e o educador físico Victor Ribeiro, de 24, comemoraram a união ao lado de desconhecidos, uma semana depois a cerimônia religiosa. O jantar para cerca de 160 pessoas do Centro Social de Santa Mônica, em Guarapari, no Espírito Santo, foi na última quinta-feira (21), com ajuda de familiares e amigos dos noivos.

EM BAIXA

Parece que o governo federal não se preparou para enfrentar a  ameaça de pandemia da gripe por H1M1 e abastecer os estados com a vacina. No Amazonas,  Estado e Prefeitura trabalham para adiantar a campanha de vacinação para março. Se você digitar “falta de vacina” no Google vai encontrar várias matérias relatando a dificuldade que o cidadão contribuinte (pobre, pois os ricos estão recorrendo a clínicas particulares) está encontrando, em todo o país,  para receber a vacina, que pode ser letal para os grupos de risco – aqueles que têm o direito de se imunizar agora.

Deixe uma resposta