Calendário

junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Josué Neto e a presidência da Assembleia

Se a eleição para a presidência da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) fosse hoje, o deputado estadual José Neto estaria eleito. Isso porque ele já conta com 13 votos declarados, contado com o dele. Quem também vem trabalhando para ser presidente é o deputado Belarmino Lins, mas a candidatura vem perdendo força à medida que Josué avança no terreno em disputa. A eleição está marcada para o dia 1° de fevereiro. Josué já foi presidente da Casa. 

Desculpa aí, tio!

Apesar de ser do Partido Progressista, o mesmo do deputado Belarmino Lins, a filha de Adail Pinheiro, deputada Mayara Pinheiro, divulgou em suas redes sociais que apoiará o deputado Josué Neto (PSD) à presidência da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

— Decido baseada em minhas convicções pessoais e políticas apoiar a candidatura do deputado estadual Josué Neto para a presidência da ALE-AM.

Nos conformes

Mayara justificou sua escolha dizendo que a expectativa é a conformidade com os programas defendidos.

 — Desejo ainda o entendimento de todos para a formação de um parlamento coeso e alinhado, pois é exatamente isso que o Amazonas espera de todos nós.

Peixe com farinha

Uma das prioridades de Mayara será o empenho na geração de novos postos de emprego, valorizando o setor primário.

— Capital e interior precisam crescer de forma estratégica. O peixe e a farinha que consumimos ainda vêm de fora.

Rossieli é inocente

O ex-ministro da Educação na gestão de Michel Temer, Rossieli Soares – que também foi secretário do Amazonas –, voltou a negar responsabilidade por mudanças nos critérios de avaliação dos livros didáticos.

Será que é boicote?

Em entrevista à rádio Eldorado, o ex-ministro e agora secretário da Educação em São Paulo, disse que não sabe o que aconteceu.

— E espero não ter havido boicote de servidores ao governo de Jair Bolsonaro -, torce.

Não era mais ministro

Rossieli disse que não pode se responsabilizar sobre publicações no Diário Oficial do dia 2 de janeiro, quando já não era mais ministro.

Torce pelo  Brasil

Para ele, é difícil apontar se a publicação foi feita de forma equivocada ou se houve boicote. — Eu espero que não seja (boicote), porque eu torço para que o novo ministro dê certo pelo bem do Brasil –, afirmou.

Chuva de aranha

Chuva de aranha. Você já ouviu falar nisso? O fenômeno aconteceu na cidade de Espírito Santo do Dourado, no Sul de Minas Gerais. Rapaz transitava por área rural da cidade quando se deparou com a cena de milhares de aranhas suspensas no céu. Ele aproveitou o celular para filmar o que ele classificou de “chuva de aranha”.

Fim do mistério

O mistério foi esclarecido posteriormente por biólogos, que explicaram que o fenômeno é muito comum no calor em locais de alta umidade. As aranhas fazem uma enorme teia comunitária sobre casas e árvores para caçar pequenos insetos à noite.

Teia invisível

Como o fio da teia é muito fino, a impressão que dá é de que os aracnídeos estão voando, ou estão despencando como se houvesse realmente uma chuva de aranha. Segundo os biólogos, o veneno desse tipo de aranha não faz mal ao ser humano.

E tome crise

O anúncio feito pelo chanceler Ernesto Araújo de que o presidente da Apex (Agência de Promoção de Exportações do Brasil), Alecxandro Carreiro, havia pedido demissão do cargo criou um mal-estar entre o Palácio do Planalto e o Itamaraty.

Eu mesmo não!

No entanto, Carreiro mostrou a deputados do PSL troca de mensagens pelo WhatsApp que comprovariam que ele não pediu demissão como informou o ministro nas suas redes sociais, mas foi forçado a deixar o cargo na Apex.

Por cima do chefe

O problema é que Araújo anunciou a demissão pelas redes sociais antes de ter consultado o presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre o tema, que é quem tem o poder de nomear ou exonerar as indicações para o comando da Apex.

EM ALTA

Uma menina de 17 anos com síndrome de Down e problemas de saúde, conseguiu realizar o sonho de se tornar comissária de bordo, graças à American Airlines. Shantell “Shannie” Pooser nasceu com problemas cardíacos e nas vias aéreas terminais.  A mãe dela, Deanna Miller-Berry, disse à CBS News que sua filha nasceu para desafiar as probabilidades.

EM BAIXA

Em sua primeira entrevista exclusiva após tomar posse como ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles disse, em entrevista ao O Globo,  que vai liberar ferrovia em áreas protegidas. Ele disse  também que durante sua gestão o Brasil não irá se comprometer com novas metas de redução de emissões junto à ONU (Organização das Nações Unidas).

 

Deixe uma resposta