Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Vanessa explica que candidatos de Lula são Haddad e Manuela

Em caminhada neste domingo (2) pela Avenida Campo Grande, bairro da Redenção, zona Centro-Oeste de Manaus, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), candidata à reeleição, explicou aos moradores do local que Lula tem sucessores na disputa presidencial: o vice Fernando Haddad será o cabeça da chapa e Manuela D´ávila, do mesmo partido da senadora, candidata a vice.

“Eles impediram que Lula fosse candidato com uma acusação sem nenhuma prova. Por que? Porque sabiam que era a única forma de impedir que ele fosse presidente. Mas no lugar dele entraram Haddad e Manuela para resgatar todo o legado deixado pelo Lula e que a turma do Michel Temer está destruindo”, disse a senadora.

O funcionário público Emerson Queiroz, 43 anos, morador da rua Bagé, foi o primeiro a questionar a senadora: “Vanessa pegaram o homem com a mala de dinheiro e contra o Lula não tem provas, mas ele é que está preso? E agora como fica, quem será o candidato?”

Vanessa respondeu que agora são Haddad e Manuela e mostrou as imagens de ambos no manifesto de campanha que distribuía. “Então vou votar neste dois”, devolveu Queiroz, para quem o trabalho de Vanessa no Senado é muito bom: “Assisto na tevê. Ela tem brigado por nós”, afirmou.

A reforma trabalhista é outro tema explorado nas conversas. Morador da rua Independência, Enoque Machado, 34 anos, contou que possuía carteira assinada numa empresa na Avenida Torquato Tapajós, porém, foi demitido e chamado agora para trabalhar na condição de autônomo, ou seja, sem os direitos trabalhistas.

Vanessa diz que a figura do autônomo é na prática o fim dos direitos como 13º e férias. No caso dos intermitentes, é a eliminação até do salário mínimo, uma vez que o trabalhador passa a ser pago por horas e dias de trabalho.
“Na última vez que esteve aqui na nossa rua, ela disse para gente prestar atenção como votaria os nossos representantes em Brasília. Quase todos votaram contra os trabalhadores. Uma vergonha. Por isso, meu voto é da Vanessa”, disse o feirante Merando Ventura, 57 anos.

A senadora, que caminhou ao lado da candidata a vice-governadora da coligação “O Povo Feliz de Novo”, Socorro Prado (PT), agradeceu e lembrou que havia alertado sobre esse possível ataque aos direitos dos trabalhadores.
Vanessa concluiu a caminhada com um discurso pedindo votos a Haddad, Manuela, e Lúcia Antony, candidato ao governo da coligação.

Deixe uma resposta