BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Escolas de samba se dividem e desfile vira dúvida


Depois de dois anos de muita polêmica na apuração dos resultados, as principais escolas de samba de Manaus resolveram se dividir. Mocidade Independente de Aparecida, Unidos da Alvorada, Sem Compromisso, Balaku Blaku, Andanças de Ciganos e Vila da Barra se desligarem da Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (Ceesma) e fundaram a Liga Independente das Escolas de Samba do Amazonas (Liesa-AM).

Conforme o presidente da Aparecida, Saulo Borges, a Liesa-AM veio para fortalecer o Carnaval de Manaus, com objetivo de fazer uma festa com ética e respeito.

“Esse momento é de alegria para nós. Serão novos caminhos e novos meios, é essa proposta da Liesa. Vamos fazer um Carnaval diferente e com respeito. Vamos construir um novo Carnaval. Os trabalhos já começaram. Estamos juntos e Unidos para construir um belo Carnaval a partir de 2018”, disse Saulo Borges.

Com Grande Família, Reino Unido da Liberdade e Vitória Régia em outra associação, ainda não se sabe como será o desfile das escolas em 2018. Entretanto, já há quem diga que como os convênios para patrocínio são feitos com cada escola, não haverá mudanças quanto ao grupo de desfile.

Com duas ligas, desfile está indefinido

 

 

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.