BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Setembro Amarelo: Mês de prevenção ao suicídio


Desde o início da pandemia do novo coronavírus especialistas em saúde mental de todo o mundo alertaram para os riscos que o isolamento social poderia causar na mente humana. Segundo eles, o período traria certamente um volume considerável de pessoas com transtornos e necessitadas de maior atenção. Neste mês de setembro, quando o Brasil realiza a mobilização de prevenção ao suicídio, através do “Setembro Amarelo”, torna-se ainda mais importante que as ações e informações de apoio sobre o tema sejam amplamente disseminadas.

Na tentativa de salvar cada vez mais vidas, a Prefeitura de Manaus possui uma Rede de Atenção Psicossocial, na qual todas as unidades de saúde do município estão preparadas para receber e atender pessoas com sintomas de suicídio e males relacionados. Além disso, três espaços específicos contêm equipes com profissionais multidisciplinares para tratar pessoas com sofrimento psíquico grave e persistente. Confira:

  • Centro de Atenção Psicossocial III Benjamin Matias Fernandes

Endereço: Avenida Maneca Marques, nº 1916- Parque 10 de Novembro

Telefones: (92) 3214-9172/ 98842-7414

Funcionamento 24h, Acolhimento (atendimentos de primeira vez): segunda a sexta-feira, de 8h às 18h

Centro de Atenção Psicossocial III Álcool e Drogas Dr. Afrânio Soares (CAPS ad III)

Endereço: Av. Ephigênio Sales, nº5, Conjunto Jardim Espanha, Aleixo

Telefones: (92) 3644-3371/ 98842-6663

Funcionamento 24h, Acolhimento (atendimentos de primeira vez): segunda a sexta-feira, de 8h às 18h

Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil Leste (CAPSi Leste)

Endereço: Rua Santa Catarina, nº3 – Flores- próximo a praça de alimentação do Parque das Laranjeiras

Telefones: (92) 3644-3201/98842-4272

Funcionamento: segunda a sexta-feira, de 7h às 17h.

Por meio destas estruturas são realizados atendimentos presenciais individuais e em grupo, oferecidas orientação, psicoterapia e oficinas terapêuticas, entre outras atividades. Mais informações sobre o serviço podem ser adquiridas também no site da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no seguinte endereço:  https://semsa.manaus.am.gov.br...

Além dos CAPs, o Centro de Valorização da Vida (CVV) atende voluntária e gratuitamente, sob sigilo, todas as pessoas que querem conversar sobre suicídio e assuntos relacionados. A ligação para o CVV, que atua em todo o Brasil em parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do número 188, é gratuita e pode ser feita de qualquer linha telefônica fixa ou celular.

Dados são alarmantes

Considerado um problema de saúde pública, o suicídio mata, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), um brasileiro a cada 45 minutos e uma pessoa a cada 45 segundos em todo o mundo. São 32 brasileiros mortos por dia. No Amazonas, Manaus mantém sua posição entre os três municípios do Estado com maior índice de suicídio.

Para que mais vidas sejam preservadas, é necessário que as informações que visam combater este mal cheguem não apenas a pessoas que estejam prestes a cometer o suicídio, mas também às pessoas próximas, a qualquer cidadão que possa vir a evitar um caso deste. O primeiro passo é estar atento a possíveis sinais de alerta. Entre eles, a mudança de comportamento e postura, a preocupação com a própria morte ou a falta de esperança são sinais que devem ser observados.

O “Setembro Amarelo” é uma campanha que trabalha a conscientização sobre a prevenção ao suicídio, e discute a realidade desse agravo no país e alternativas para evitá-lo. Você que conhece alguém com estes sinais, ligue para o 188. E você que não conversa ou não vê mais soluções, ligue também para o 188. Você não está só. Nós te ouvimos.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.