Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Prefeitura “assume” venezuelanos sem ajuda do Estado


A Prefeitura de Manaus anunciou que vai abrigar os venezuelanos que tem vivido em condições subumanas na cidade. A Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) pretende, nesta semana, criar um decreto emergencial para receber o cofinanciamento do governo federal, e disponibilizar abrigo aos ocupantes do viaduto de Flores e da Rodoviária.

Já passam de 400 venezuelanos morando em Manaus. Em entrevista à imprensa, a maioria tem dito que não quer esmola e nem pretende voltar ao País de Origem. Muitos têm dito que estavam passando fome em suas cidades e que no Amazonas “há oportunidades para todos”.

Com isso, a Prefeitura de Manaus assume um papel que, teoricamente, deveria ser feito pelo Estado. Entretanto, o poder público municipal resolveu assumir o ônus e sem ajuda do Estado. Governo vem apenas tratando da documentação básica dos indígenas junto à Polícia Federal.

 

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.