BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Prefeito de Manaus pede envio de recursos da Lava Jato para municípios


O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, pediu nesta quinta-feira, 12/9, que o governo federal destine parte dos recursos recuperados na operação Lava Jato aos municípios. “Seria injusto, já que temos um Pacto Federativo torto, destinar recursos simplesmente aos Estados, esquecendo-se dos municípios onde vivem as pessoas”, declarou o prefeito. A proposta foi recebida pelo ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, durante audiência com a executiva da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), no Palácio do Planalto, Brasília (DF).

A comitiva entregou ao ministro a pauta prioritária da Frente Nacional dos Prefeitos, que inclui, entre outras demandas, o novo Pacto Federativo. “A principal reivindicação é a revisão do Pacto Federativo que deve deixar mais dinheiro nas cidades. O dinheiro dos impostos vem pra Brasília e não volta para os municípios. Ideal é deixar mais recursos nos municípios para investir mais em saúde, educação e qualidade de vida das pessoas”, afirmou o presidente da Frente, Jonas Donizette, que é prefeito de Campinas (SP).

Para o prefeito de Manaus, o governo federal deveria demonstrar que pretende rever o Pacto Federativo, distribuindo com mais justiça as verbas federais. Segundo ele, os munícipes, que tanto foram prejudicados pela corrupção, deveriam ser diretamente beneficiados pelos gestores e pela gestão desses recursos recuperados pela Lava Jato, se a proposta for aceita.

Fundo da Amazônia

Ainda durante o encontro com o ministro Luiz Eduardo Ramos, Arthur Virgílio Neto defendeu que os recursos que estão “parados” no Fundo Amazônia, que foram rejeitados pelo governo federal, sejam usados pelos municípios que integram a Amazônia e que vêm sofrendo com os altos índices de queimadas.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.