Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Deflagrada ontem (12) como um reforço contra os roubos a ônibus em Manaus, a operação “Policial Sem Rosto” prendeu um homem com uma arma de grosso calibre logo depois dele anunciar um roubo. A tentativa frustrada de roubo ocorreu à noite na avenida Brasil, bairro Compensa, zona oeste.

Já no fim da tarde desta sexta-feira (13), o secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, revelou o início da nova modalidade para combater os roubos no transporte coletivo. Dezenas de equipes de policiais militares, descaracterizados e armados, estarão dentro dos coletivos para flagrar estes grupos criminosos.

A operação vem sendo gestada há algumas semanas, e policiais militares passaram por qualificação especializada para o trabalho. Eles vão atuar, principalmente, com base em um levantamento de inteligência elaborado pela SSP-AM.

Primeiro preso –Daniel de Almeida Romero, de 21 anos, estava com uma arma artesanal de calibre 16. Por volta das 22h, ele entrou no ônibus e anunciou o roubo. Em uma ação rápida, os policiais que estavam no veículo prenderam o suspeito e preservaram a integridade física dos passageiros.

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, afirmou que a população pode ter certeza de que as polícias estão trabalhando com formas diferenciadas para obter êxito contra o crime

A operação “Policial Sem Rosto” se junta a outras que já estão em curso, como a “Rota Segura” e a “Catraca”, conforme explicou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte.

Neste ano, de janeiro a outubro, o número de roubos a ônibus caiu quase 40% em relação a igual período do ano passado. O delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, afirmou que o trabalho será intensificado.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.