BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Josué apoia pautas de Bolsonaro para Amazônia


O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PRTB) afirmou, nesta quarta-feira (23) que as pautas do presidente Jair Bolsonaro para a Amazônia em torno do desenvolvimento da biotecnologia, bioindústria e bioeconomia, que envolve a reformulação do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), vão gerar empregos e melhorar a vida do povo do Amazonas. Josué disse ainda que o indígena, o ribeirinho e o caboclo não prejudicam o meio ambiente.

“Desde que o Bolsonaro assumiu usam a Amazônia para atacar o seu governo. Onde estavam os socialistas e comunistas que passaram 13 anos no poder e não viram dívida social com o povo amazônida? Falar da Amazônia virou modinha, enganação. Quem acaba com a floresta são os grileiros, os ilegais. O indígena só planta para subsistência. O ribeirinho também. O Brasil tem como resolver os problemas sociais dos Amazônidas com emprego. Oportunidade para o cidadão sustentar sua família e ser próspero”, disse Josué Neto.

Ainda de acordo com o parlamentar, o Governo Federal  já deu vários sinais de como melhorar a vida do povo do Amazonas: plantação de milho para produzir etanol (álcool) em áreas de várzea ou áreas já degradadas; exploração do gás natural que não prejudica o meio ambiente; bioindústria; dentre outras pautas que estão sendo desenvolvidas pelo Governo Federal.

“Só aí já são quase 100 mil novos empregos. O resto é querer aparecer. Atestar o problema sem apresentar solução. Quer pagar dívida social de amazônida? Oferece oportunidade de trabalho que não prejudique o meio ambiente. Tá aí a solução. Dinheiro no bolso do cidadão. Internet não é serviço público, é privado. Energia elétrica idem. Saúde e Educação se faz melhor com dinheiro no bolso. O povo quer emprego. Emprego é iniciativa privada. Se não entender isso, tem que sair da política”, concluiu o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.