BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

João Branco contrata ‘superadvogado’


Especialista em defender criminosos de alta periculosidade, o advogado carioca José Maurício Neville de Castro Júnior será o responsável pela defesa do narcotraficante João Pinto Carioca, o “João Branco”, um dos acusados pela morte do delegado Oscar Cardoso, em março de 2014, e um dos líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN). A informação foi publicada pelo jornal A Crítica.

No currículo de Maurício Neville estão as defesas de Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, condenado pela morte do jornalista Tim Lopes, em 2002, e Luiz Fernando da Costa, Fernandinho Beira-Mar, líder da facção criminosa Comando Vermelho. A facção, por sinal, é aliada da FDN, criada em Manaus e que tem João Branco como um de seus líderes, ao lado de José Roberto Fernandes Barbosa, o Zé Roberto da Compensa. Neville também já defendeu o ex-policial militar Nelson Oliveira dos Santos Cunha, um dos condenados pela execução de oito pessoas conhecida como Chacina da Candelária, em 1993.

Maurício Neville irá defender João Branco no próximo dia 5 de maio, quando ele será julgado ao lado de Marcos Roberto Miranda da Silva, o “Marcos Pará”, Messias Maia Sodré, Adriano Freire Correa, o “Maresia”, Diego Bruno de Souza Moldes e o empresário Mario Jorge Nobre de Albuquerque, o “Mário Tabatinga”.

Todos eles são acusados de executar o delegado Oscar Cardoso, que foi morto em 9 de março com mais de 20 tiros. Na ocasião, o delegado estava em frente à casa dele, no bairro São Francisco, com o neto no colo

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.