BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Governo descarta coronavírus em paciente de Manaus


Em menos de 24 horas, o Amazonas identificou, testou e descartou o diagnóstico para Covid-19 (novo coronavírus) em uma paciente de 39 anos, que está internada na rede particular de Manaus. Este é o primeiro caso investigado no Estado.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), foi notificada do caso suspeito pelo hospital na noite de sexta-feira (28/02), por volta das 18h.

Neste sábado, às 14h, após três testes laboratoriais, a paciente testou positivo para Vírus Sincicial Respiratório (VRS), o que descarta a possibilidade de diagnóstico para Covid-19.

Em coletiva, na sede da FVS, em Manaus, o secretário de Estado de Saúde, Rodrigo Tobias, destacou o trabalho em rede entre a vigilância estadual, municipal e a unidade particular.

“De forma rápida e integrada, as vigilâncias do Estado e do Munícipio de Manaus realizaram a investigação epidemiológica, a paciente atendia todos os critérios como casos suspeitos, e desse modo o Laboratório de Saúde Pública, da FVS, realizou a coleta de amostras biológicas da paciente e o resultado divulgado hoje é que foi positivo para Vírus Sincicial Respiratório, portanto, a notificação foi descartada”, informou Rodrigo Tobias.

Segundo a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, o trabalho demonstra que tanto a rede de assistência pública e quanto a privada estão sensíveis à vigilância.

“Desde de janeiro a FVS, em conjunto com a Fundação Tropical, vem realizando capacitação para os profissionais de saúde, voltado para SRAG, e com a mudança do cenário epidemiológico do Covid-19, vem reforçando as atualizações de acordo com o preconizado pelo Ministério da Saúde (MS)”, declarou Rosemary.

O secretário municipal de Saúde de Manaus, Marcelo Magaldi, que também participou da coletiva, ressaltou a importância das medidas de prevenção para o Covid-19, que servem para proteção contra todos vírus, e pediu que a população se sensibilize com relação às orientações divulgadas pelos órgãos de saúde.

“O serviço de saúde está bem alinhado para enfrentar e minimizar o impacto, e, deste modo, reforçamos que pessoas com febre, tosse, dificuldade para respirar, procurem uma unidade de saúde antes de agravar”, declarou o secretário municipal de Saúde.

Definição de caso suspeito - A paciente de 39 anos entrou para a classificação de suspeita porque atendia a um dos três critérios de definição de caso para o Coronavírus, que foi estabelecido pelo Organização Mundial de Saúde (OMS).

De acordo com a diretora-presidente da FVS, a paciente teve febre associada a sintomas respiratórios, como tosse e dificuldade para respirar, após ter viajado para a Itália, que é uma área com transmissão local, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.