Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Governador diz que decisão judicial reforça necessidade de medidas para que terceirizados da saúde recebam salários


O governador Wilson Lima afirmou, nesta segunda-feira (16/12), que o Governo já vem adotando medidas para assegurar que os funcionários terceirizados da saúde recebam os salários devidos pelas empresas e que a falta de técnicos de enfermagem em maternidades, no final de semana, foi um problema pontual envolvendo a Cooperativa dos Enfermeiros do Amazonas (Coopeam), com a qual já há acordo firmado com o Estado para pagamento desses profissionais.

Segundo o governador, a decisão da Justiça, proferida no domingo (12/12) pelo juiz Ricardo de Sales, obrigando a Coopeam a cumprir o contrato com o Estado, reforça a necessidade de implantação da medida, em planejamento pelo Governo, que prevê a contratação direta desses profissionais pelo Estado, assegurando que recebam seus salários em dia.

“Nós tivemos uma situação pontual em maternidades de Manaus, em que funcionários não se apresentaram ao trabalho e não fizeram nenhum tipo de comunicação prévia de que isso aconteceria. Nós já estamos dando os encaminhamentos legais pra que sejam responsabilizados por isso porque, no momento em que acontece uma situação dessas, vidas de pessoas estão sendo colocadas em risco”, afirmou.

Wilson Lima esclareceu, ainda, que a determinação da Justiça para que o Governo assegure o atendimento, nas maternidades afetadas pela ausência dos técnicos de enfermagem da Coopeam, já vem sendo tomada. Ele disse que, assim que foi constatada a falta desses profissionais, determinou à Susam que tomasse providências urgentes para garantir a assistência. 

“A Coopeam foi chamada para fazer um acordo junto ao Ministério Público do Trabalho e Ministério Público do Estado, quando as outras empresas fizeram, e ela não fez. A Procuradoria Geral do Estado procurou a cooperativa diversas vezes e, no sábado, ela decidiu fazer o acordo, mas, no domingo, não cumpriu”, disse Wilson Lima ao também informar que a Susam já está fazendo levantamento para identificar os responsáveis pela ausência nos plantões nas maternidades e adotar medidas administrativas e legais cabíveis.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.