BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

FPFtech oferta vagas de trabalho para profissionais de Manaus e Boa Vista


A Fundação Paulo Feitoza (FPFtech) está com vagas de emprego abertas para profissionais da área de tecnologia em Manaus e Boa Vista. Há oportunidades para Product Owner, Desenvolvedor Flutter Pleno, Desenvolvedor Python, Analista de Sistemas, Analista de Desenvolvimento Firmware e Hardware, Desenvolvedor Mobile, Analista Técnico e Analista de Testes.

Segundo a Analista de Pessoas da FPFtech, Ana Ferreira, atualmente a Fundação conta com seis colaboradores de Boa Vista, que trabalham de maneira remota e viraram case de sucesso pela excelente adaptação e integração com o time de Manaus.

“Inclusive, nesta sexta-feira, 15/7, estaremos na Universidade Federal de Roraima, em Boa Vista, para apresentar o instituto aos acadêmicos de Ciência da Computação e Engenharia Elétrica e divulgar as vagas de trabalho disponíveis”, afirmou Ana.

Os interessados devem se cadastrar no link https://vagas.apto.academy/home/jobs?limit=10&page=1. Entre os benefícios oferecidos, estão o programa de idiomas e de qualidade de vida, plano odontológico, plano de saúde, além do day-off - liberação do trabalho - no dia de aniversário e aulas de yoga.

Sobre a FPFTech

A Fundação Paulo Feitoza (FPFTech) é uma instituição de Pesquisa e Desenvolvimento, sem fins lucrativos, focada na geração de soluções inovadoras, serviços e cases de sucesso globais nas áreas de Automação Industrial, Tecnologias Móveis e Assistivas, Internet, Qualidade de Software e Capacitação Tecnológica.

Há 23 anos, a FPFTech atua em Manaus com estreita cooperação com universidades e investe continuamente na formação técnico-científica de seus colaboradores, estudantes e profissionais do mercado.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.