Calendário

fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

Empresas do Amazonas já temem mira do governo federal

As autoridades do Amazonas, empresários e trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM) tiveram, ontem, uma bela demonstração  do tipo de tratamento que deverão receber do Ministério da Economia. Tratando de incentivos da indústria automobilística de São Paulo, especificamente sobre a General Motors (GM), que emprega 13 mil funcionários em duas fábricas, o secretário Carlos Costa disse que se a montadora “tiver que fechar fábricas, que feche!”. Imaginemos agora o que dirá este senhor quando estiver tratando de incentivos fiscais para o distante Amazonas.

Fábricas importantes

As duas fábricas da GM ficam nas cidades de São Caetano do Sul e São José dos Campos. Nelas, a montadora opera no vermelho desde 2016 e avisou ao trabalhadores que 2018 seria um ano chave para definir a continuação da produção.

Empregos? que acabem

Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Costa não mostrou, em reunião com empresários, qualquer preocupação com o emprego dos trabalhadores paulistas. Se por algum motivos o setor produtivo do Amazonas precisar negociar com o governo já deve saber que ele considera que há três temas proibidos: Subsídio, Proteção e Gasto Público.

Bancada

Será bom alguém lembrar a este senhor, quando nossos interesses estiverem em jogo, que Manaus votou em peso no presidente Bolsonaro e que a bancada do Amazonas, com exceção de Vanessa Grazziotin, foi a favor do impeachment de Dilma Rousseff que  abriu os caminhos para a candidatura vitoriosa do presidente.

Haja guaraná 

Em parceria com a Ambev, o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) entregou 13.8 mil  mudas de guaraná a 75 famílias da Comunidade Santa Clara, no município de Maués (a  257 quilômetros de Manaus).

O convenio entre Ambev e Idam prevê a entrega de 80 mil mudas de guaraná até o final do ano.

Zona azul

Aproximadamente 80 mil veículos fizeram uso, pelo menos uma vez, do sistema de estacionamento rotativo Zona Azul, implementado pela Prefeitura de Manaus nas ruas do Centro

Segundo o levantamento, são aproximadamente seis mil usuários, por dia, que buscam o sistema para agilizar o estacionamento.

Curso para assessores

Nos próximos dias 29 e 30 de janeiro, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai promover um curso de integração parlamentar para servidores e assessores da 19ª legislatura.

O evento será no auditório da Escola do Legislativo, a partir das 9h.

Capacitação

O objetivo do curso de integração parlamentar é propiciar uma formação inicial abordando atividades técnicas e dinâmicas do dia a dia de um assessor parlamentar.

O curso é de suma importância uma vez que a partir do dia 1º fevereiro, iniciam seus trabalhos no parlamento estaduais 12 novos deputados.

Plenário novo

Por falar em Aleam, o presidente da Casa, deputado David Almeida (PSB), inaugura, nesta segunda-feira, o novo plenário Ruy Araújo.

X

O local dos debates dos parlamentares entrou em reforma no mês de novembro e teve o teto reestruturado para acabar com as goteiras.

Coelhinhos peludos

Maus-tratos contra cães e gatos é o crime mais registrado pela Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil do Amazonas. Em 2018, das 432 ocorrências registradas na especializada, 171 foram referentes a crimes contra os animais.

BR-319 intrafegável 

Por conta do período chuvoso, a BR-319, a Manaus-Porto Velho, (RO), está intrafegável. Assim, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) autorizou a paralisação temporária da prestação do serviço regular de transporte rodoviário intermunicipal.

Aclamação

O promotor de Justiça Lauro Tavares da Silva será aclamado presidente da Associação Amazonense do Ministério Público em 22 de fevereiro.

X

A chapa dele – “Unidos Somos Mais Fortes”- foi a única inscrita e registrada para concorrer às eleições da AAMP. A presidência é composta por diretoria, conselho fiscal e conselho consultivo. O mandato vai até  2021.

=============
Aplausos

Josué Neto, deputado estadual –  Com a desistência de Belarmino Lins (PP) de disputa a presidência da Assembleia Legislativa, ele será aclamado para dirigir a Mesa Diretora da Casa pelos próximos dois anos.  Será a segunda vez que Josué Neto vai dirigir o Poder Legislativo do Estado, dessa vez numa articulação com os deputados de primeira viagem.

Vaias
Fabio Schvartsman, presidente da Vale do Rio Doce – Rompimento da barragem da mina Feijão, no município mineiro de Brumadinho, repete a tragédia de Mariana, onde uma mina operada pela subsidiária da empresa, a Samarco, causou o mesmo problema. Até o fechamento desta edição eram mais de 200 pessoas desaparecidas.

Deixe uma resposta