Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Dito & Feito – O ranço ficou para trás entre Arthur e Omar 

A maior prova de que já não existe nenhum ranço entre Arthur Virgílio (PSDB) e Omar Aziz (PSD) foi dada ontem, durante um encontro entre o prefeito e crianças de 9 a 12 anos, que estudam em escolas públicas e particulares.

O senador apareceu para o evento em companhia da filha, Johara. Arthur e Omar bateram de frente na eleição municipal de 2016, quando Arthur se aproximou de Braga e Omar apoiou Marcelo Ramos (PR). Para agora, parece que a paz volta a reinar na aldeia e eles marcham juntos nos próximos embates eleitorais, em 2018.

POMBA DA PAZ

Aliás, o sanador Omar Aziz também já tinha assinalado que a pomba da paz baixou no ninho tucano.

Recentemente, o senador disse que entre Alckmin e Arthur para presidente, ele é Arthur “desde pequenininho”.

CABO ELEITORAL

Mesmo sabendo que Henrique Meirelles, que também é do PSD, é um provável candidato a presidente, Omar garantiu o apoio a Arthur.

— Caso Arthur Virgílio derrote Geraldo Alckmin nas prévias tucanas, pedirei licença ao meu partido para ser cabo eleitoral de Arthur – afirmou o senador.

NOVA GLOBAL

Quem deu o ar de sua graça nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa (Aleam) foi a global Rosa Malagueta.

Depois do sucesso em “Força do Querer” – sua primeira novela –, ela retorna à sua casa, Manaus, para rever a família e os amigos.

DÁ-LHE, MALAGUETA!

Mas, assim que passar as festas, Malagueta retorna à Globo para gravação de uma nova minissérie, também de Glória Pérez.

CARRO ELÉTRICO

O presidente da comissão, senador Eduardo Braga (PMDB–AM), defendeu investimento na tecnologia dos carros elétricos, uma vez que esses veículos energia limpa.

Braga observa que o custo para instalação dos pontos de recarga é quase zero e representa um estímulo ao uso dessa tecnologia.

ENERGIA É PRIORIDADE

O senador amazonense é da Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado (CI) que, em 2017, priorizou a discussão de projetos de lei sobre energia e transporte.

ISENÇÃO DO IPVA

O Projeto de Lei n°230/2017 que concede a isenção de IPVA para veículos que prestam serviços ao transporte público coletivo, em Manaus, teve pedido de vista, proposto pelo deputado Serafim Corrêa (PSB), aprovado em plenário.

CONTRAPARTIDA

Segundo o deputado, sem a contrapartida das empresas de transporte coletivo para também beneficiar a população, o projeto não pode ser aprovado.

— É necessária uma análise do texto para verificar quais dessas melhorias beneficiarão o usuário do transporte coletivo, que atualmente conta com um serviço ruim e que precisa de modificações.

TUDO FOI DIFERENTE

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSD), disse que o ano de 2017 foi um ano atípico para o Estado do Amazonas e para sua vida pessoal.

—Tudo foi muito diferente, começando com o desafio de presidir esta Casa e depois governar o Estado por 144 dias.

BEM COM A VIDA

O ex-governador em exercício disse que chegou ao final do ano tranquilo.

— Ando pela rua, vou ao shopping, em feiras e vejo a satisfação do povo com o trabalho que desenvolvi, garantiu.

EM ALTA

Para o anúncio da Receita Federal de que a arrecadação somou R$ 115 bilhões em novembro, com alta real de 9,49% ante o mesmo mês de 2016. Parte disso, mas não tudo, se explica pelo Refis. No acumulado do ano, a receita total em nível federal soma R$ 1,204 trilhão, com avanço real de 0,13%.

EM BAIXA

A comercialização da castanha da Amazônia (que muito insistem em chamar castanha do Pará) que, neste Natal passou a custar em média R$ 122,86. Um aumento de 124% em relação ao ano passado. Pode ser que, no Amazonas, o consumidor ainda encontre a R$ 80,00, mesmo assim está caro. Fora da região Norte, o preço da castanha já atingiu R$132.

Deixe uma resposta