Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Joice Hasselmann vê mais que satélite

A líder do governo no Congresso, deputada federal Joice Hasselmann (PSL-RJ), resolveu provar que a Amazônia não está pegando fogo, como “exagera a imprensa”.

Só que escolheu como prova dos nove o município de Tefé, onde, realmente, nunca esteve  entre os municípios que mais queimam a floresta no estado. Como perguntar não ofende, por que a ministra não sobrevoou o sul do Amazonas?  Boca do Acre  e Apuí, por exemplo,  municípios que registraram o maior número de focos queimadas no Amazonas?

Sobrevoo no lugar errado

Não informaram à  deputada Joice que, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), dose dez municípios em que foram registrados o maior número focos de calor, sete estão no sul do Estado. 

Quer ver fogo?

Dos 7.150 focos identificados entre 1º de janeiro a 20 de agosto, 6.016 estavam distribuídos em sete municípios da região: Apuí, Lábrea, Novo Aripuanã, Manicoré, Boca do Acre, Humaitá e Canutama.

Visão de Raio-X

Pra ficar ainda mais esquisito, vejam a declaração que La Hasselmann deu, uma verdadeira pérola de desconhecimento da Amazônia.

“Eu sobrevoei a Amazônia para fazer o filtro com o olho humano daquilo que os satélites não conseguem ver. A Amazônia não está em chamas!”, diagnosticou a deputada.

Mas, deputada, que olho humano poderia enxergar mais que o satélite? Só mesmo a visão de Raio-X do  Superman!

Santa ignorância

Ao tomar conhecimento da “ façanha” da deputda Joice Hasselmann no Amazonas, o deputado Marcelo Ramos disse que sua  decisão de voar de Manaus a Tefé “demonstrou a total e absoluta ignorância em relação ao problema”.

“As queimadas ocorrem com mais gravidade no sul do Amazonas em municípios como Apuí, Humaitá e Lábrea, além do estado de Rondônia”, cutucou Ramos.

Desconhecem a  Amazônia

Marcelo Ramos afirmou que é por essa incapacidade de compreender a região amazônica que o governo central e seus aliados erram tanto no diagnóstico e no enfrentamento à questão ambiental na região.

“A deputado Joice poderia ter economizado esse dinheiro e ouvido gente que conhece a região”, alfinetou.

Aqui me tens…

No Amazonas, ó poder público caminha no ritmo da dança das cadeiras. Entram novos governantes – em alguns casos nem tão novos assim –, mas alguns nomes da   equipe de governo quase sempre retornam à cadeira que um dia já esquentaram.

… de regresso!

 É o caso do novo secretário de Educação, Vicente Nogueira, que já exerceu o cargo na Secretaria de Educação do Estado do Amazonas (Seduc) e na Secretaria Municipal de Educação (Semed), durante as gestões de Eduardo Braga (MDB) e Amazonino Mendes (PDT), respectivamente.

Esse eu conheço!

O governador Wilson Lima explica optou por Nogueira, por sua qualificação para a função. “É alguém que eu confio”, disse o governador. Vicente Nogueira é ex-reitor do Centro Universitário do Norte (Uninorte).

Mestre no Jiu-Jitsu

Em entrevista ao jornal EXTRA, do Rio de Janeiro, o juiz Luís Carlos Valois, de 52 anos, da Vara de Execuções Penais do TJAM, faz uma revelação que poucos sabem. Na entrevista ao jornalista Fernando Flores, Luís contou detalhes sobre sua trajetória no Jiu-Jitsu e  diz que seu primeiro contato com a arte suave foi com o atual prefeito de Manaus e também faixa preta Arthur Virgílio.

Aprendiz

Arthur é amigo de seu pai – o advogado Felix Valois –, que lhe mostrava posições da luta e o incentivava a procurar uma academia. Na verdade, Valois foi vice-prefeito de Arthur, em seu primeiro mandato. 

Descobrindo Gracie

Assim que acabou o ensino médio, Valois foi para o  Rio para estudar Direito. “Cheguei no Rio para ‘treinar’ Direito e ‘estudar’ Jiu-Jitsu. Tinha uma carta de Arthur Virgílio, me apresentando ao Mestre Carlson Gracie”, conta.

Humor proibido

O humorista Gustavo Mendes, conhecido por fazer uma imitação da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), publicou um vídeo neste sábado (31), em que diz ter sido censurado num show em Teófilo Otoni (MG).

Vaias e xingamentos

Durante a apresentação na sexta-feira (30), o comediante foi vaiado e ouviu xingamentos de parte dos espectadores na plateia, ao contar uma piada sobre o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

“Você pode ir embora. Eu devolvo seu dinheiro”, disse Mendes, referindo-se a quem estava incomodado com as piadas contra o presidente.

Riam da Dilma

Logo depois, várias pessoas são vistas deixando a plateia. “Vocês gritam no Facebook, na minha cara não que eu não aceito, acrescentou o comediante antes de retomar o show.

“Onde estavam essas pessoas quando eu debochava da Dilma? E quando eu debochava do [ex-presidente Michel] Temer?”, questiona o humorista.

Luto em Manaus

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio decretou luto oficial de três dias em Manaus, pela morte do ex-governador de São Paulo, ex-deputado federal, ex-ministro dos Transportes, e ex-dirigente do PSDB, Alberto Goldman, de 81 anos.

Perco um amigo”

Goldman morreu domingo, 1°/9, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. “O PSDB perde um grande nome, uma importante figura política e, eu, perco um grande amigo. Goldman deixa um enorme legado de militância”, disse Virgílio.

EM ALTA

Moradores de Varadouro, em João Pessoa, na Paraíba, se uniram e montaram uma geladeira solidária de  encher os olhos e a barriga. A geladeira é realmente farta. Tem diversos tipos de alimentos menos perecíveis, com data de fabricação e de validade. Entre eles, a população necessitada da região pode pegar de graça iogurte, água, sucos engarrafados, frutas como bananas, maçã, laranja, melancia fatiada.

EM BAIXA

O Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho, capital de Rondônia, ficou fechado para pousos e decolagens entre as 9h35 e as 10h55 (horário local) na manhã de segunda-feira (26/8), devido à falta de visibilidade causada pela grande quantidade de fumaça sobre o terminal. Esse problema acontece há décadas, todos os anos. E a cada ano se agrava. Até quando a Amazônia vai ter que conviver com essa tragédias anunciadas?

Deixe uma resposta