Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

O âncora da Band FM, jornalista Reinaldo Azevedo, fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro que “ silenciou” sobre o massacre que deixou 55 mortos nas unidades prisionais do Amazonas.

“O Presidente não deu nenhuma palavra sobre as 55 mortes. Absolutamente nada!”, cobrou Reinaldo, apelando, logo em seguida,  para a ironia logo em seguida: 

“Vamos ouvir o que disse Bolsonaro sobre a matança no Amazonas…E aí a rádio passou a transmitir o som de um grilo: Aí entrou som de um grilo criquilando: cri, cri,  cri!…”

Moro perdeu

Falando em Bolsonaro, a cartinha do presidente e enviada aos membros do Congresso, deu certo. Ontem veio a pá de cao. O ministro da Justiça, Sérgio Moro não terá sob seu controle o Coaf, órgão de vigilância de operações financeiras consideradas suspeitas.

Quem venceu o cabo de guerra foi o ministro da Economia, Paulo Guedes, como queria o capitão.

Queria tanto!

Moro magoou porque queria muito o Coaf para poder continuar combatendo o crime organizado.

Chumbo grosso

E vem mais chumbo grosso por aí. Moro se prepara para outra batalha importantíssima: a aprovação do pacote anticrime, a ser votado pelo mesmo Congresso.

Daqui não saio…

A Aleam aprovou a PEC 05/2019, que permite a reeleição dos membros da Mesa Diretora por mais dois anos. Antes, a reeleição por mais dois anos não era permitida. Sarafa se absteve da votação da matéria.

… daqui ninguém me tira!

A PEC foi aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação na última terça-feira (28) e, de imediato, já entrou na pauta de votação, o que resulta em quebra de interstício.

Então, tá!

Em um dos trechos, a proposta diz que que a Mesa Diretora necessita de uma possibilidade de continuidade, por meio da condução dos cargos. “Só assim vai conseguir dar plenitude à agenda  proposta no início dos trabalhos”. Então, tá!

Prêmio Nestlê

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, disse em suas redes sociais que a escola Dr. Sérgio Alfredo Pessoa Figueiredo foi uma das vencedoras da 2ª edição do prêmio pela Fundação Nestlé Brasil.

Criança saudável

A escola municipal de educação integral foi uma das vencedoras do prêmio “Crianças Mais Saudáveis”. “Mais uma boa notícia na área da educação”, disse o prefeito em suas redes sociais.

Babita

A escola desenvolveu o tema “Educação alimentar, hidratação e atividade física é igual a benefícios na aprendizagem”, e receberá R$ 35 mil para investir no projeto, além de capacitação.

Revitalização do Aterro Sanitário

Quando prefeito, Serafim Corrêa (PSB-AM) investiu na revitalização do Aterro Sanitário da cidade.

Vai que é tua

Agora o bastão foi repassando para o prefeito Arthur Virgílio (PSDB) que vai retomar o projeto. “Quando fui prefeito em 2005, aquilo era apenas uma lixeira municipal. Lá, existiam 300 pessoas morando e sendo exploradas por terceiros.”

Eu que fiz!

Sarafa relembrou a ação que fez no local quando prefeito. “Retiramos as famílias do local, e isso deu muito trabalho, organizamos todos eles em cooperativas de catadores, o que permitiu que ganhassem o sustento reciclando lixo.”

Para o futuro

 Serafim parabenizou Arthur Neto pela continuidade do projeto. “Essa é uma obra para as novas gerações. O gás está sendo queimado, o chorume agora tem para onde ir e o meio ambiente vem sendo preservado. Inclusive, sugiro que as pessoas visitem o aterro.”

Ministro é um elefante…

O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), vai apresentar requerimento para convocar o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para prestar explicações sobre as mudanças que pretende fazer no Fundo Amazônia, iniciativa financiada com recurso da Noruega e Alemanha para combate ao desmatamento na região.

… em loja de cristais!

Em seu pedido, Braga afirma que as declarações do ministro sobre supostas irregularidades cometidas pelo BNDES, que é o órgão gestor dos R$ 3,4 bilhões doados pelos europeus, gerou uma nova crise no programa e entre instituições socioambientais.

Mal que sai da boca

Para Eduardo, as insinuações proferidas pelo senhor ministro podem ter repercussões graves não apenas para a política ambiental brasileira. “Sobretudo nos Estados da Amazônia, mas para a credibilidade de nosso País no cenário internacional”, afirma Eduardo Braga.

EM ALTA

O  município de Sobral, na Região Norte do Ceará, que há 100 anos revelou para o mundo o eclipse solar total que resultou na comprovação da teoria da relatividade geral, proposta pelo físico alemão Albert Einstein. Ao escurecer a manhã de 29 de maio de 1919 na cidade, por pouco mais de cinco minutos, o fenômeno astronômico trouxe à luz uma nova concepção de tempo, espaço e gravidade para o mundo.

EM BAIXA

Dois ataques a carros-fortes e caixas eletrônicos são registrados por dia no País, em média. A maioria com explosivos. A polícia suspeita que a maior parte da dinamite usada nesse tipo de crime seja desviada por funcionários de pedreiras. Um rastreador que indica a origem dos artefatos pode ajudar nas investigações.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.