Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito – Com ou sem Bolsonaro, eu vou!


O deputado Silas Câmara (Republicanos) disse ao D&F que e candidatíssimo a prefeito de Manaus e não abre mão do sonho de governar a cidade.

No entanto, o presidente da Frente Parlamentar Evangélica no Congresso está disposto a caminhar com as próprias pernas e o “com o povo de Deus. Isto é, não espera pelo apoio do presidente Jair Bolsonaro, “que hoje nem partido tem”.

— No momento, a preocupação presidente é encontrar um partido, não é mesmo? O presidente mesmo já descartou que ao menos por enquanto não apoia ninguém. Quem usar seu nome vai estar mentindo! –, disse Silas.

Direita, volver!

Apesar do descarte de Bolsonaro, Silas tem consciência de que o presidente é simpático à sua candidatura, embora garanta que, no primeiro turno, não deverá subir no palanque de ninguém,

— O Bolsonaro é inteligente. No segundo turno, se houver esquerda de um ,ao e direita de outro ele vai, claro, estar do nosso lado! – comentou o evangélico que se considera um político de extremíssima direita.

Fé no homem

No dia 26 de novembro, o discurso era outro.

Depois de levar Bolsonaro a um Culto Geral da Igreja Assembleia de Deus no Amazonas – IEADAM, o presidente da Frente Parlamentar Evangélica,  estava crente que aquele seria um sinal verde à sua candidatura a prefeito de Manaus.

Vácuo

O que está rolando, de fato, é que as incertezas em torno da presença da Aliança pelo Brasil nas eleições de 2020 podem criar um vácuo para o grupo político do presidente Jair Bolsonaro.

“Três oitão”

Lançado oficialmente dia 21/11, o partido do capitão, que deve receber o número 38 (uma clara referência ao três oitão) de precisa ter o registro homologado pela Justiça Eleitoral até 4 de abril de 2020 para lançar candidatos a prefeito e vereador.

13º chegando

Sai dia 19 (quinta-feira) e 20 (sexta-feira), a segunda parcela do 13º salário dos servidores estaduais.

Nada menos que 80 mil funcionários públicos receberão o benefício, que deve injetar, aproximadamente, R$ 150 milhões na economia.

Apesar dos pesares

O  governador Wilson Lima disse que apesar dos tempos difíceis, o Amazonas está cumprindo o compromisso com os servidores públicos.

—  Diferentemente de alguns estados que ainda não pagaram o décimo e de outros que enfrentam dificuldade para pagar os salários em dia, o Governo do Amazonas está conseguindo administrar as finanças e evitar atrasos nos salários dos nossos servidores.

Estou fora!

O próprio Bolsonaro admite o risco de ficar alheio à eleição:

— Se for possível (coleta eletrônica de assinaturas para criação da legenda), a gente forma um partido para março. Se não for possível, não vou entrar em disputas municipais no ano que vem, estou fora. 

Fora privatização

O deputado José Ricardo (PT) disse ser contra a privatização do Saneamento Básico (Água e Esgoto), no interior do Amazonas.

De acordo com o petista,  em 20 anos de privatização do setor, em Manaus,  não houve investimento privado, só houve investimento público.

— Não resolveram nem o problema de água, nem de esgoto.

Zé 13 adverte que os municípios do interior vão sofrer ainda mais se esse projeto de privatização for aprovado. 

Equilíbrio no TCE

Ao participar da posse do novo presidente do TCE/AM, Mário Melo, o prefeito Arthur Virgílio (PSDB) fez questão de destacar o equilíbrio da presidente que sai e do presidente que entra.

— Ele [Mário Mello] é uma pessoa culta, um juiz equilibrado, tanto quanto a conselheira Yara, procura mais ensinar que punir e isso ajuda muito, principalmente as prefeituras do interior.

Quem sai, quem entra

O prefeito disse que o tribunal está vivendo um momento feliz.

—Sai uma presidente equilibrada, entra um presidente equilibrado, culto e de muito prestígio. Isso é muito bom para o crescimento e aperfeiçoamento dos trabalhos do TCE –, disse o tucano.

Caetano ferra o guru

Caetano Veloso cobrou R$ 2,8 milhões do escritor Olavo de Carvalho, guru do presidente Bolsonaro, por descumprir decisão judicial e não remover de suas redes sociais mensagens que relacionam o cantor à pedofilia. As informações foram divulgadas pelo UOL.

Menina-mulher

As mensagens escritas por Olavo seriam do início do namoro do cantor com a produtora Paula Lavigne, quando ela tinha 13 anos e o músico estava com 40.

Multa

O juiz determinou que Olavo excluísse imediatamente o conteúdo ofensivo, sob pena de multa de R$ 10.000,00 por dia.

Como o guru do Bolsonaro não excluiu todos os conteúdos ofensivos, a defesa do cantor fez um cálculo dos dias.

Toma-te!

Contando a partir de 48h após sua intimação da decisão da tutela, e também da data da verificação da existência dos conteúdos não excluídos, somando 281 dias de desobediência e resultado na multa de R$ 2,8 milhões.

Nome limpe

“Natal Com o Nome Limpo” é o nome da campanha que o Procon-AM está lançando na próxima semana, em parceria com Águas de Manaus, Claro Operadora, NET e Amazonas Energia.

Renegociação

O mutirão de renegociação de dívidas acontece de 16 a ‪18 de dezembro, das 8h ‪às 17h, na sede do Procon-AM, na avenida André Araújo, 1.500, Aleixo.

Na ocasião, os clientes poderão negociar os débitos com condições de parcelamento especiais oferecidas pelas empresas.

 O atendimento será feito por ordem de chegada. 

Vá lá e saque

O saque complementar no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), no valor de  até R$ 998, será liberado nesta sexta-feira (20). A quantia ficará disponível até 30 de março de 2020.

EM ALTA

Olivia Newton-John e John Travolta, astros principais “Grease: Nos Tempos da Brilhantina”, se reencontraram 40 anos depois do filme. Eles usaram as mesmas roupas de Sandy e Danny durante um evento na última sexta-feira, 13, no Coral Sky Amphitheatre, na Flórida, EUA. Durante o o Meet n’ Grease Movie: Sing Along with Danny e Sandy – realizado em West Palm Beach – Olivia cantou ao vivo, à capela um trecho de Hopelessly Devoted to You e mostrou que sua voz continua linda. A atriz, que está enfrentando um câncer pela terceira vez, recentemente recebeu de presente de um fã anônimo a jaqueta usada por Sandy em uma das principais cenas do longa.

O admirador arrematou o traje em um leilão por 1 milhão de reais.

EM BAIXA

A Polícia Civil de Unaí (MG) abriu um inquérito nesta segunda-feira para investigar o caso do homem que foi a um bar no centro da cidade vestindo uma braçadeira com o símbolo do nazismo no último sábado, dia 14. O homem foi identificado como José Eugênio Adjuto, de 57 anos. Conhecido como Zecão Adjuto, ele é pecuarista dono de uma empresa que cria bois para corte, em Unaí. O artigo 20 da Lei nº 7.716, de 1989, diz “que é crime fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo”. A pena é de dois a cinco anos de prisão e multa.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.