BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Bandido se passava por deputado capitão Alberto Neto e aplicava golpes na OLX


Na manhã desta segunda-feira (18), o deputado federal Capitão Alberto Neto fez um alerta por meio de suas redes sociais sobre um golpe sobre venda de veículos no site OLX, se passando pelo deputado federal.

Ao tomar conhecimento do crime, o deputado acionou os policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), que identificaram o criminoso, que após investigação, descobriram que o mesmo estava praticando os golpes de dentro de um presídio do Mato Grosso.

“Na OLX, esse bandido se apresentava com o meu nome e fingia estar interessado em comprar um veículo. Ele entrava em contato com pessoas que ofereciam carros e convencia os mesmos a retirarem os anúncios do site. Com as imagens do veículo, o criminoso criava um novo anúncio para atrair as vítimas”, diz um trecho da nota emitida pelo deputado.

Ainda segundo o deputado, o crime consistia em oferecer veículos de terceiros na internet para exigir depósitos em dinheiro. Quando as vítimas entravam em contato, o bandido falava que era o deputado e exigia valores como reserva do veículo, passando uma conta bancária para depósito. 

“Peço que todos estejam atentos aos crimes que estão sendo praticados com uso indevido de meu nome e  que se alguém foi vítima desse canalha, procure a delegacia de polícia mais próxima para registrar BO do caso, para colaborar com as investigações e deixar esse pulha preso por um bom tempo! Isso só me deu mais gana para trabalhar por uma Polícia Penal preparada e acabar com a farra desses meliantes dentro dos presídios”, finalizou.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.