BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Adolescente morre após ser atacado por morcego em Barcelos


A Fundação de Medicina Tropical (FMT) vai investigar as causas da morte de um adolescente de 17 anos da comunidade Ribeirinha Tapiira, na Reserva Extrativista Rio Unini, localizado em Barcelos, a 401 quilômetros de Manaus. A vitima morreu no último dia 16, no Hospital 28 de Agosto, com uma inflamação no cérebro, depois que ele teria sido mordido por morcegos. Há suspeita é que ele tenha contraído o Lyssavirus, que provoca a raiva humana.

Segundo informações da Agência Amazônia Real, que divulgou o caso, a Associação dos Moradores do Rio Unini confirmou que 88 pessoas dessa mesma comunidade já foram mordidas por morcegos, algumas por mais de 20 vezes.

O presidente da associação, José Dionísio da Silva contou à Amazônia Real que no mês de dezembro de 2016 pediu providências à Fundação de Vigilância em Saúde, ligada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), para vacinar moradores e combater a grande quantidade de morcegos nas dez comunidades da reserva. “A FVS enviou equipes para três comunidades”, conta Dionísio. “Não tive notícia de irem a outros lugares”.

A raiva é transmitida para pessoas a partir da mordida de animais doentes. Há risco de contágio por qualquer mamífero, embora casos de transmissão por cães e morcegos sejam mais frequentes. O vírus, que provoca uma encefalite viral, se instala nos nervos periféricos do sistema nervoso central.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.