BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Jornalista Ulysses Marcondes deixa saudades em Manaus


O jornalista e skatista Ulysses Athaíde Marcondes, conhecido na cena do skate manauara como 'Boca', faleceu nesta segunda-feira (7), aos 46 anos. Ele estava internado desde o último dia 15 de novembro, com Covid-19.

Ulysses era casado com Carol Marcondes e tinha uma filha, Amália, de 18 anos de idade. Jornalista da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) desde 2004, na gestão de Serafim Corrêa, permaneceu durante todas as gestões  subsequentes  por conta do trabalho eficiente e dedicado, mesmo não sendo concursado.

Além do trabalho jornalístico, Ulysses era um grande incentivador da arte de rua, entusiasta do grafite em Manaus e um amante do skate, esporte que praticava há décadas e no qual sempre foi um dos nomes mais conhecidos da cena manauara.  Nos últimos anos, mobilizou-se para a criação de novas pistas de skate na cidade, inclusive a que está sendo construída no Parque dos Bilhares - obra esta que deve levar o nome dele.  

"Hoje mesmo perdi um grande amigo, sei da dor da sua família, e sei como é bom o gesto de eternizarmos quem merece numa obra", afirmou o prefeito Arthur Neto, durante a inauguração do Cime Dra. Viviane Estrela Marques Rodella, nesta manhã.

Irmão de Viviane Rodella, o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Mauro Campbell, esteve presente na obra e prestou suas homenagens a família de Ulysses. "Eu quero, primeiramente, me solidarizar com a família do Ulysses, colega de vocês da imprensa, que lamentavelmente está com Deus neste momento. Mais uma vítima do Covid-19. Então a ele, nossa primeira homenagem, pela luta dele que acompanhei de perto. É mais uma estrela, assim como a Viviane, que está no céu a nos iluminar neste momento".

PESAR

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP-AM) vem a público manifestar PESAR pelo falecimento do jornalista Ulysses Paulo de Athayde Marcondes, 46, que atuava na Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) desde 2006. Ele estava internado no hospital Check-up e faleceu em decorrência das complicações relacionadas à covid-19 na manhã desta segunda-feira (7/12).

Formado pelo Centro Universitário Uninorte, Ulysses mantinha uma postura extremamente profissional e proativa, onde quer que atuasse e independente da pauta, fosse a mais cobiçada e divertida ou a mais simples e corriqueira. Por conta disso, muitos se espantavam ao tomar conhecimento de outra paixão cultivada por ele: o skate, onde atuou não apenas como praticante, mas também como ativista.

Ao longo dos últimos anos, vinha contribuindo diretamente para desmistificar preconceitos relacionados à cultura do skaitismo e pelo reconhecimento da prática desportiva. No último dia 13 de novembro, o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto anunciou o início das obras do novo Skate Park em construção no Parque dos Bilhares, cujo projeto foi defendido pelo jornalista.  

Uysses com a esposa Carol e a filha Amália

Iniciou ainda este ano, o projeto audiovisual intitulado “Reconta 2000”, de resgate da história do skatismo no Amazonas no início deste século, em parceria com o videomaker Leonardo Forte, autor das imagens editadas por Ulysses.

Ao longo da carreira, acumulou experiências nas funções de repórter, editor, editor-chefe de impresso e Televisão em assessoria de imprensa. Era considerado pelos colegas um profissional muito companheiro nos desafios em prol da pauta.

Foi também um grande defensor da Amazônia e das causas ambientais. Em uma de suas últimas postagens em rede social, declarou: “Costumo dizer que se fraquejar, o mundo te empurra para baixo, te induz ao erro e à derrota. Manter-se forte é estar de pé com amor, fé, saúde e paz, sempre honrando sua família, sua casa e sua história. Isso não é uma regra, norma ou lei e sim respeito pela existência! São palavras que venho usando em minha trajetória, mas que este ano tiveram um sentido muito maior. Aqui agradeço por estar respirando e me solidarizo a todos que tiveram perdas. Vamos em frente porque a jornada continua! Gratidão à vida! ”.

Ulysses deixa esposa, Carol, e a filha Amália, de 18 anos. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas lamenta a perda deste querido profissional e deseja condolências aos amigos e familiares.

Manaus- AM, 07 de dezembro de 2020

DIRETORIA SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DO AMAZONAS – SJPAM

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.