BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

‘Tem que deixar de ser um país de maricas’, diz Bolsonaro sobre combate à Covid-19


O presidente Jair Bolsonaro voltou a minimizar os efeitos da pandemia de Covid-19 nesta terça-feira 10, durante evento no Palácio do Planalto sobre a retomada do setor de turismo. Ao falar sobre o enfrentamento ao coronavírus, Bolsonaro disse que o Brasil “tem que deixar de ser um país de maricas”. O vírus já matou mais de 162 mil pessoas no país.

“Tudo agora é pandemia, tem que acabar com esse negócio. Lamento os mortos, lamento. Todos nós vamos morrer um dia, aqui todo mundo vai morrer. Não adianta fugir disso, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um país de maricas. Olha que prato cheio para a imprensa. Prato cheio para a urubuzada que está ali atrás. Temos que enfrentar de peito aberto, lutar”, declarou.

Bolsonaro disse que o setor foi “na lona” com a pandemia, que ele considera “superdimensionada”.

“Vocês foram na lona nessa pandemia. Que foi superdimensionada. A manchete amanhã: ‘ah, não tem carinho, não tem sentimento com quem morreu…’. Tenho sentimento com todos que morreram. Mas (foi) superdimensionado”, disse.

O presidente também minimizou a possibilidade de o Brasil ter de enfrentar uma segunda onda da Covid-19, como já vem acontecendo em países da Europa.

“Agora já começam a enfrentar o povo brasileiro com uma segunda onda. Tem que enfrentar, pô, é a vida. Tem que enfrentar”.

Em outro momento de seu discurso, Bolsonaro disse que sua vida é uma “desgraça” como presidente, momento em que mais uma vez atacou a imprensa.

“É problema o tempo todo, não tenho paz pra absolutamente nada. Não posso mais tomar um caldo de cana na rua, comer um pastel, assim que saio vem essa imprensa perturbar, pegar uma piada que faço com Guaraná Jesus para tentar me esculhambar”, completou.

Fonte: Carta Capital

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.