BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

SSP-AM vistoria 17 bares, interdita dois e homem é preso por desobediência


A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), realizou na noite de sexta-feira (21/08) vistoria em 17 estabelecimentos, entre bares, postos de gasolina, restaurantes e eventos, localizados nas zonas sul e centro-sul de Manaus. Durante a ação, dois locais foram interditados, quatro notificados e um homem foi preso, em flagrante, pelo crime de desobediência.

Em uma das abordagens, um evento inspirado em um reality show, que já tinha cerca de 300 pessoas e ocorria na Chácara Barcelos, no Parque das Nações, foi encerrado porque não possuía licença para realização.

A fiscalização ocorre dentro das ações para prevenção à Covid-19 e visa verificar o cumprimento das normas sanitárias e do decreto governamental. O trabalho contou com a participação de um efetivo de 30 servidores da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi), Polícia Militar, Polícia Civil, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) e Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus).

Bar interditado em Manaus
A população pode auxiliar no trabalho da CIF por meio de denúncias ao 190

Entre os bares interditados, um localizado na avenida Djalma Batista, bairro Flores, havia sido notificado diversas vezes pela fiscalização e, na sexta-feira (20/08), foi interditado e fechado. Dois bares foram notificados por falta de licença sanitária.

De acordo com o tenente-coronel Frank Eduardo, coordenador da operação, o balanço é positivo, uma vez que boa parte dos estabelecimentos estão cumprindo as normas de distanciamento do decreto governamental de prevenção à Covid-19.

“Infelizmente, alguns ainda insistem em violar as normas do decreto governamental. Dois foram interditados por já terem sido notificados, mas não seguiram as recomendações, e o gerente de um estabelecimento recebeu voz de prisão”, informou.

O gerente do Sensation Gastropub recebeu voz de prisão por desobediência. O empreendimento já havia sido multado e interditado nas semanas anteriores, mas permanece desrespeitando. O caso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A população pode auxiliar no trabalho da CIF por meio de denúncias ao 190, do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), ou ao 181, o Disque-Denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.