BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Governo entrega AM-070 modernizada e duplicada



O governador Wilson Lima entregou, nesta segunda-feira (20/12), a nova rodovia estadual AM-070, modernizada e duplicada pelo Governo do Amazonas. A rodovia, conhecida como Manoel Urbano, é de extrema importância para o desenvolvimento econômico e social de municípios da região metropolitana de Manaus (RMM), que reúnem grande potencial em atividades do setor primário e turismo.

“O que a gente está fazendo hoje é tirando um sonho do papel. Isso aqui é respeito e dignidade para quem trafega por aqui. É importante para o turismo, para o desenvolvimento econômico, é fundamental para quem trabalha com a agricultura familiar, para os pequenos produtores. É, acima de tudo, desenvolvimento social”, disse o governador ao destacar a importância da AM-070.

As obras de duplicação da AM-070 iniciaram em 2013, mas avançaram apenas 43,5% até 2018, período que corresponde às gestões de quatro governadores. Mais da metade (56,4%) do projeto foi executada em menos de três anos, já na gestão do governador Wilson Lima, iniciada em 2019.

Os trabalhos em toda extensão da rodovia, de 78,14 quilômetros, foram coordenados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e da RMM (Seinfra). Nesta segunda-feira foi inaugurada a última etapa da obra, que corresponde a 44,14 quilômetros da via, que foram duplicados, pavimentados e sinalizados. O investimento total é de R$ 430 milhões.

A duplicação e modernização da AM-070 beneficia diretamente os municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão e, indiretamente, Beruri, Caapiranga e Anamã. Juntos, reúnem uma população de mais de 200 mil habitantes.  “Toda essa população vai ser beneficiada com esse feito da estrada AM-070, vai acelerar as grandes oportunidades”, ressaltou o prefeito de Iranduba, Augusto Ferraz.

O projeto incluiu a construção de pontes sobre o rio Meriti, no quilômetro 75, e rio Ariaú no quilômetro 53, além de uma terceira ponte no quilômetro 52, no trecho em que a pista de rolamento passa sobre um gasoduto. A obra incluiu calçadas nas vilas Ariaú e Ubim, nos quilômetros 75 e 78, sinalização horizontal e vertical e drenagem superficial e profunda. Os trabalhos realizados na rodovia geraram 10 mil empregos diretos e indiretos.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus