BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Fito & Feito - Estados Unidos alertam para risco de golpe no Brasil



A coisa é mais séria do que possa imaginar o mais pessimistas dos mortais. O governo do presidente americano Joe Biden distribuiu artigo alertando para a possibilidade de golpe do presidente Jair Bolsonaro (PL), segundo informações divulgadas pela revista "Veja" nesta segunda-feira (9). O texto defende que o governo norte-americano alerte o brasileiro sobre consequências diplomáticas e sanções comerciais caso não aceite o resultado do pleito. De acordo com a publicação, o departamento de Estado americano deu aval ao alerta do diplomata Scott Hamilton, publicado no dia 29 de abril no jornal "O Globo", de que Bolsonaro pode tentar uma ruptura institucional caso perca as eleições que serão realizadas em outubro. Em setembro de 2021, Políticos e intelectuais de 26 países já tinham divulgado uma  carta alertando para o risco de golpe na terceira maior democracia do mundo: o Brasil. Na época, eles classificam as manifestações em 7 de setembro convocadas pelo presidente Jair Bolsonaro como uma tentativa de intimidação às instituições democráticas brasileiras. Subscrevem o documento os ex-presidentes da Colômbia, Ernesto Samper; da Espanha, José Luis Zapatero; do Paraguai, Fernando Lugo; e do Equador, Rafael Correa.

Minando a eleição

Bolsonaro tem lançado dúvidas sobre a lisura do processo eleitoral e, em discurso no Palácio do Planalto, em Brasília, chegou a sugerir que as Forças Armadas façam uma "contagem paralela" de votos nas eleições.

Na semana passada, ele também anunciou que pediu ao seu partido para contratar uma empresa externa para fazer auditoria do processo eleitoral.

Empresários avisados

Segundo a revista, cópias do artigo de Hamilton foram distribuídas por diplomatas americanos a executivos de multinacionais com negócios no Brasil.

Trump tupiniquim

Um deles teria, inclusive, dito que compreendeu o recado do EUA e que a possível contestação de Bolsonaro, aos moldes do que Donald Trump fez nas eleições americanas, tornaria o Brasil numa nova Rússia.

Bye, bye Brasil!

Se o quadro golpista se confirmar, não haveria outra alternativa para os empresários estrangeiros a não ser fugir às pressas para evitar sofrerem sanções.

PSD vai de Lula

Marcelo Ramos saiu do PL para o PSD

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (AM), afirmou, nesta segunda-feira (9/5), que aposta que o seu partido, o PSD, fechará apoio ao ex-presidente Lula (PT) em um eventual segundo turno nas eleições para a Presidência da República.

Isto caso o  adversário seja Jair Bolsonaro (PL), como indicam as pesquisas. A fala ocorreu em entrevista do deputado à CNN.

Livres para “Lular”

Ramos defendeu que, hoje, a tendência é de que o presidente do partido, Gilberto Kassab, libere os filiados do PSD no primeiro turno.

— O PSD é um partido diverso e o presidente Kassab tem sido hábil no sentido de não fazer essa eleição algo que exploda, divida e desestruture o partido. A tendência é de que o presidente Kassab deva liberar –, disse.

“Herói” de M...

No último dia 27, o Planalto batizou de “ato cívico pela liberdade de expressão” evento oficial com ataques às eleições e ao STF. O principal homenageado foi o bolsonarista Daniel Silveira, que posou com Bolsonaro segurando o indulto presidencial em seu benefício.

Medo da imprensa

Seis deputados que participaram da cerimônia moveram 20 processos contra veículos de imprensa ou plataformas de redes sociais para retirar do ar conteúdos jornalísticos. Que medo da imprensa não é não?

Que papelão, hein Alberto?

Todos são correligionários de Bolsonaro no PL, à exceção de Daniel Silveira, filiado ao PTB. Cão de guarda de Bolsonaro, o  deputado federal do Amazonas, Alberto Neto, é um deles.

Campeões da censura

A campeã de processos contra a imprensa é a deputada Bia Kicis, autora de seis processos. Carla Zambelli e Eder Mauro apresentaram quatro ações cada; Marco Feliciano protocolou três; Capitão Alberto Neto, duas; e Daniel Silveira, uma.

Viagem à ópera

A mostra 24º Festival Amazonas de Ópera será aberta nesta terça-feira (10), a partir das 9h, na Sala de Música do Teatro Amazonas. A exposição, que segue até 5 de junho, conta com peças inéditas das obras “O Menino Maluquinho” e “Peter Grimes”, destaques da edição deste ano.

Menino Maluquinho

A  mostra é uma apresentação dos melhores recortes do FAO. Entre os acessórios cotados para exposição estão a panela utilizada por Davi Lucas, que vive o protagonista em “Menino Maluquinho”, além dos figurinos de “Peter Grimes”.

Sintonizados...

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o vice Hamilton Mourão (Republicanos) deram declarações divergentes hoje sobre o recorde de desmatamento da Amazônia atingido em abril.

...Pero no mucho!

Enquanto Bolsonaro publicou um vídeo em que diz que o Brasil é um país "extremamente preservado", Mourão reconheceu o número e disse que o governo está analisando onde está errando.

Hamilton Mourão

Coisa horrorosa

Contradizendo o chefe, o  general disse que os números “são péssimos, horrorosos”.

— Estamos vendo onde estamos errando. Estamos com ações, temos a operação Guardiões do Bioma, uma ação conjunta do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério da Justiça, e tem que ver com eles onde está havendo a falha –, disse.

Matando a mata

De acordo com dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a área desmatada na Amazônia chegou a 1.012 km² em abril, recorde absoluto para o mês.

Bomba ambiental

Enquanto isso, Bolsonaro publicou um vídeo nas redes sociais em inglês, em que nega que o Brasil seja uma "bomba ambiental".

— Enquanto eles dizem que nós estamos acabando com nossas florestas, os países deles não têm nem 5% do próprio território preservado –, diz um trecho.

ÚLTIMA HORA

Omar Aziz derrota Capitã Cloroquina, que também é candidata à deputada federal pelo Ceará

A Capitão Cloroquina

O senador Omar Aziz  (PSD-AM) venceu a queda de braço contra a médica Mayra Pinheiro, aquela que foi chamada de “Capitã Cloroquina”, no tempo da pandemia.  A Procuradoria Geral da República (PGR) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que é contra a ação que ela impetrou contra o ex-presidente da CPI da Covid . Para a PGR as acusações feitas por Mayra não constituem crime.  Portanto, a PGR se posicionou contrataria à ação.

Defensora de tratamentos sem comprovação científica, a ex-secretária do Ministério da Saúde Mayra Pinheiro se filiou ao PL, partido do presidente Jair Bolsonaro. A chamada Capitã Cloroquina vai buscar uma vaga na Câmara dos Deputados, pelo estado do Ceará.

ORGULHO

A “poderosa” disse que não tem medo dos bolsominions

Anitta mais uma vez prova que apesar dos ataques, sabe enfrentar os machões que a agridem no anonimato.  Após receber novas ameaças, a cantora mandou um recado: 'Forma mais ineficaz de tentar me podar'. Anitta soltou o verbo através do Twitter, neste sábado (7), após receber algumas ameaças. Apesar de não citar nomes e nem dar detalhes sobre as intimidações, a “poderosa” disse que não tem medo e cogitou expor todo o bafafá publicamente.  “Uma dica a quem possa estar interessado: a ameaça é a forma mais ineficaz de tentar me podar. Como uma ariana raiz, me ameaçar tem efeito contrário, sabe? Só faz com que eu queira fazer ainda mais aquilo que você quer que eu pare de fazer”, começou a cantora. “Outra dica pra quem possa estar interessado: guerra silenciosa também não funciona muito bem comigo não, viu . Eu sou meio barulhenta, sabe?

VERGONHA

Allan desafia a Justiça

Foragido nos Estados Unidos, o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos (foto) voltou a desafiar o STF e criou um novo canal no YouTube para divulgar seus comentários. Ele deixou o Brasil em outubro do ano passado, quando o ministro Alexandre de Moraes determinou sua prisão. De acordo com a Polícia Federal, Allan dos Santos é responsável por “atacar integrantes de instituições públicas, desacreditar o processo eleitoral brasileiro, reforçar o discurso de polarização”, entre outros crimes. Com isso, Moraes determinou a exclusão do canal blogueiro no YouTube, o Terça Livre. Allan dos Santos decidiu dar o mesmo nome ao novo canal. Em agosto do ano passado, Santos criou um canal no YouTube com nome diferente, mas com o mesmo conteúdo do anterior. O canal acabou removido pela plataforma por determinação judicial.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.