BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Proteção da floresta é o foco do Parlamaz, que ressurge das cinzas!


A proteção da Floresta Amazônica  é a principal pauta Parlamento Amazônico (Parlamaz), reinstalado nesta segunda-feira (21). O grupo reúne representantes de Brasil, Bolívia, Colômbia, Peru, Venezuela, Guiana, Suriname e Equador.

O  objetivo do Parlamaz é estabelecer políticas integradas, estreitando as relações sobre as questões amazônicas e promovendo a cooperação e o desenvolvimento sustentável da região.

Da bancada do Amazonas, participa, do Parlamaz os senadores Eduardo Braga (MDB-AM), Plínio Valério (PSDB-AM) e os deputados federais Marcelo Ramos (PL-AM) e José Ricardo (PT-AM).

Ressurge das cinzas

Criado em 17 de abril de 1989, o Parlamaz funcionou por alguns anos, mas acabou desmobilizado.

A ideia de reativá-lo, depois de oito anos inativo, voltou em 2019, após uma reunião dos países-membros na Embaixada do Equador.

E defesa dos índios

O deputado brasileiro Léo Moraes (Podemos-RO) disse que além de defender os povos da Amazônia, como indígenas e ribeirinhos, é fundamental que o grupo parlamentar chame à participação todas as populações que habitam a área.

Parlamento foi reativado após oito anos 

“Capitânia hereditária”

O deputado federal José Ricardo (PT-AM)  acusou que  o Tribunal de Contas do Estado (TCE) “virou uma capitania hereditária, passando o cargo de conselheiro de pai para filho”.

— Considero um absurdo a indicação do deputado Josué Neto à vaga de conselheiro do TCE, que ficará em aberto com a aposentadoria solicitada no dia de hoje pelo seu pai, Josué Filho.

Estado patrimonialista

Para Zé, isso mostra que ainda vivemos em um “estado patrimonialista”.

—  Aqui, temos meia dúzia de famílias de maior influência se apoderando dos espaços públicos e de poder, para cuidar dos seus interesses e de seus familiares! – cutucou o petista.

Subserviência

O ex-candidato a prefeito de Manaus, que ficou na 3ª colocação, questionou qual é mesmo o papel do Tribunal de Contas do Estado.

— Enquanto não mudar essa postura de subserviência, que quem seja indicado, pelo menos, faça seu trabalho, de fiscalizar o poder público, para justificar os benefícios que ganham –, detonou.

Deputado federal criticou a atitude do órgão 

Museu reaberto

O prefeito Arthur Virgílio (PSDB) tomou uma decisão. Determinou que o Museu da Cidade, localizado no Paço da Liberdade, estará aberto à visitação pública a partir desta segunda-feira, 21/12.

— Mas isso mediante agendamento e obedecendo aos novos protocolos de enfrentamento à pandemia de Covid-19 - explicou.

Óscar merece

Arthur também anunciou que está propondo à Câmara Municipal de Manaus (CMM) que o Museu da Cidade passe a se chamar Óscar Ramos.

— Acho uma homenagem justa e não creio que alguém vai se opor –, afirmou.

Mais do que justa

A homenagem que o prefeito quer fazer a Oscar Ramos é mais do que justa. Óscar, artista visual e designer amazonense,  faleceu no dia 13 de junho de 2019.

Capas eternas

Seu talento é reconhecido em todo o país. Foi responsável pela capa de diversos álbuns da MPB, como “Araçá azul” , “Cores, nomes”e “Uns” de Caetano Veloso; “Fa-tal” de Gal Costa, “Barra 69: Caetano e Gil ao Vivo na Bahia” de Caetano Veloso e Gilberto Gil e também de “Álibi” de Maria Bethânia.

Arca de Noé

A  deputada Joana Darc (PL) fez doação de frutas e verduras que já não serviriam para consumo humano para ajudar os mais 300 animais do Centro de Estudos dos Quelônios da Amazônia (CEQUA/INPA).

Abandonados

Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável (Caama) da Assembleia Legislativa, La Darc estendeu a boa ação   aos  animais que ainda estão no zoológico Tropical Hotel Manaus.

É um absurdo

Aliás, no Tropical Hotel ainda estão cerca de 100 animais. Destes 84 são quelônios.

Mirem-se no exemplo

O prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes (DEM), assinou um acordo para a aquisição de vacinas contra a covid-19 produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O termo de cooperação foi assinado na noite de ontem em uma reunião com o governador do estado, João Doria (PSDB).

— Entendemos que o ideal é que tenhamos um plano nacional de imunização - aquilo que pretendemos seguir, mas estamos preparando nossa rede de saúde para que ela possa atender os cariocas com a maior brevidade possível e sem riscos.

A vacina do Brasil

Já Doria, após uma série de elogios ao Rio e da fala de Paes encerrou afirmando:

— Juntos pela vida, juntos pela vacina. A vacina do Butantan, a vacina do Brasil.

Mas isso é lá no Rio

Paes adiantou que o plano de enfrentamento à pandemia no município será apresentado no dia 28 deste mês, de maneira detalhada.

Esperança é uma coisa...

O Tribunal de Contas da União (TCU) indagou por qual motivo o Exército acelerou a produção de cloroquina em seu laboratório neste ano, a pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

...Ciência é outra !

O  Exército justificou dizendo que “seria o equivalente a produzir esperança a milhares de corações aflitos com o avanço e os impactos da doença no Brasil e no mundo”.

3 milhões de comprimidos

A resposta está em documento oficial obtido pela agência Fiquem Sabendo, por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).  Neste ano, entre março e junho, o laboratório do Exército fabricou mais de 3 milhões de comprimidos do medicamento.

ÚLTIMA HORA

A Procuradoria-Geral da República (PGR), comandada por Augusto Aras, informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abriu uma apuração preliminar para investigar pagamentos em dinheiro vivo feitos pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) na compra de dois imóveis na zona sul do Rio entre 2011 e 2016.

A informação foi publicada pelo jornal O Globo, que, há três meses, divulgou relatos da utilização de R$ 150 mil em espécie pelo filho de Jair Bolsonaro com o objetivo de pagar parte de imóveis adquiridos por ele nos bairros de Botafogo, em 2016, e Copacabana, em 2011.

Em despacho enviado ao STF, Aras afirmou que os procuradores analisarão se há necessidade de abrir uma investigação formal contra o deputado.

ORGULHO

Luiz Eduardo Bortoldo Santiago, o jogador de 11 anos que chorou ao ser vítima de racismo e viralizou nas redes, foi convidado pelo Santos para fazer um teste no clube no início do ano novo. O time entrou em contato com a família de Luiz Eduardo e, além do convite, prometeu mandar produtos oficiais da marca. No vídeo, postado no Instagram do SóNotíciaBoa, Luiz Eduardo se emociona ao contar que o técnico adversário o chamou de preto, na última 16. Na quarta-feira, o menino, que é jogador sub-11 do Uberlândia, participava de uma partida entre Uberlândia Academy e Set Esportes pela Caldas Cup. Após o jogo, ele deixou o campo chorando e contou sobre as ofensas que havia ouvido. “O cara falava assim ‘Fecha o preto aí, ó!’ Aí eu aguardei para falar no final com os pais”, disse.

VERGONHA

O dono do restaurante Malibu, no Centro de Campina Grande, foi autuado por lesão corporal, na tarde desta segunda-feira (21). O empresário foi levado à delegacia suspeito de bater em uma criança que vendia doces no estabelecimento dele. Dois meninos estavam vendendo doces e um deles teria sido puxado pela orelha pelo dono do restaurante, identificado nas redes sociais como Luiz.  Em vídeo gravado com as duas crianças uma testemunha narrou que o menino havia chorado bastante e que estava sentindo dor na orelha, que teria sido alvo de um tapa e depois de puxões por parte do empresário. "Se você fosse um menino branco, filho de madame não faziam isso", disse o homem que gravou o vídeo.  O dono do estabelecimento foi levado para a delegacia, assim como a criança e mais duas testemunhas. O empresário foi autuado por lesão corporal.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.