BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Por que demonizar as ONGs se a Amazônia enfrenta crime mais graves?


A notícia pipocou nesta sexta-feira (8/07) no mundo inteiro. A Amazônia está novamente em “estado de alerta” contra os desmatamentos. Dados recentes do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que, no primeiro semestre do ano, 3.988 quilômetros quadrados de floresta foram desmatados na região. A área acumulada de derrubadas é a maior já registrada no período desde o início da série histórica, em 2016. É o quarto ano consecutivo com recordes de desmatamento nos seis primeiros meses do ano.

O quadro é estarrecedor, mas, respondam depressa, o têm feito os nossos políticos para  frear o desmatamento  da maior floresta tropical do mundo?  Infelizmente, quase nada! Enquanto alguns “europeus” protestam contra a derrubada e a queimada da floresta, alguns dos nossos políticos estão preocupados em perseguir as ONGs, algumas delas, diga-se,  que trabalham corretamente para conter o avanço do desmatamento e reforçar a defesa dos povos indígenas, como o Greenpeace, a WWF-Brasil, só para citar algumas.

Fixação de Plínio

É  o caso do senador Plínio Valério (PSDB-AM)) que vem brigando desde 2019 para emplacar a sua  CPI das ONGs que, segundo ele,  será instalada em breve no Senado.

*

Já o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco,  já avisou que CPI só depois da eleição – até porque ele não é nem bobo de prejudicar a campanha de Jair Bolsonaro? diz que só depois da eleição.

Não são todas

É claro que nem todas as ONGs são sérias. Existe muita picaretagem no meio. Mas generalizar como se todas fossem  formadas por criminosos, não é o correto.

Morte na floresta

Agora mesmo o ambientalista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips foram assassinados no Vale do Javari e os assassinos  não pertencem a nenhuma ONG.

*

Trabalham, sim, para grupos criminosos de pesca ilegal, de mineradoras que invadem terras indígenas, interessados em silenciar a imprensa e calar as denúncias. A CPI das ONGs teve os pedidos apresentados em 2019.

Foram dois requerimentos, um do senador Plínio Valério (PSDB-AM), para investigar a liberação de recursos públicos para organizações não governamentais (ONGs) e o aumento do desmatamento na Amazônia.

*

O  outro é do senador Randolfe Rodrigues, para ampliar as causas do aumento dos desmatamentos e queimadas na Amazônia.

Acusações graves

Plínio acusa as ONGs que tem corrupção no meio. Segundo o senador tucano 85% é distribuído entre a direção dessas ONGs, entre o diretor e o secretário, 85% de tudo que arrecadam.

*

— Tem gente lá que ganhou R$ 7 milhões, R$ 2 milhões, R$ 5 milhões. Não prestam conta e recebem nova parcela. Estamos falando do Fundo Amazônia. Então, há muito o que desvendar.’

Compra de terras

Plínio disse ainda que há suspeita de que estejam ocorrendo compras camufladas de terras brasileiras por empresas estrangeiras com interesse no bioma amazônico.

*

Para  fazer acusações tão pesadas, Plínio Valério deve ter provas para mostrar na CPI. So menos é o que se espera.

Vai de Braga e Omar

A ex-senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) confirmou que devera apoiar Eduardo Braga (MDB) para o governo e Omar Aziz (PSD) para o senado.

Vanessa é pré-candidata à Câmara Federal e faz parte da da federação “Brasil da Esperança”, formada por PT, PCdoB e PV.

Ecos do passado

O estranho é que tanto Eduardo ( que foi ministro no governo do PT),  quanto Omar votaram pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

E Vanessa, à época senadora, foi a única da bancada federal do Amazonas que voltou não honrando o compromisso político e ideológico  com e-[residente.

*

Só mesmo Lula para unir no mesmo palanque Omar e Braga.

Silveira “Imortal”

Acredite se quiser, mas, no  ano em que se comemora o bicentenário da Independência, a  Biblioteca Nacional condecorou o deputado Daniel Silveira com a Medalha da Ordem do Mérito do Livro.

O autor da façanha foi o próprio  presidente da Biblioteca Nacional, Luiz Carlos Ramiro Junior.

*

Ramiro chegou ao cargo pelas mãos de seu antecessor, Rafael Nogueira, que  presidiu a entidade sob o auspício do já falecido filósofo de internet Olavo de Carvalho, o guru de Jair Bolsonaro. Está tudo explicado.

Mediocridade

É vergonhoso um tempo da cultura bibliográfica e documental brasileira e portuguesa,  que guarda cerca de nove milhões de itens e é considerada pela Unesco um dos dez melhores acervos existentes no mundo, condecorar um  cidadão que faz apologia de regimes autocratas e ditaduras militares.

*

Além de defender a censura, professar o antirrepublicanismo e a antidemocracia.

Direitona reaça

Não é só.

O homenageado da Biblioteca Nacional é o tal cidadão que  recebeu sentença penal condenatória por ameaçar membros do Poder Judiciário, e só não está preso porque Bolsonaro lhe concedeu o benefício da graça.

Já dizia Machado

Para ilustrar essa pataquada na Biblioteca Nacional, vale a fanosa frase de  Machado de Assis, em 1861, no Diário do Rio de Janeiro: — Em nosso País a mediocridade é um brasão.

Para sempre Thiago

É mais do que justo colocar o nome de Thiago de Mello na Biblioteca Púbica do Estado do  Amazonas.

O projeto, de autoria do deputado Felipe Souza (Patriota) foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa.

Thiago de Mello

Poesia imortal

O poeta amazonense é um dos mais respeitados do país e deixou um legado literário que orgulha os amazonenses.

Thiago nasceu no município de Barreirinha, interior do Amazonas e é autor de obras como “Faz Escuro, mas eu Canto”, “Silêncio e Palavra” (1951), Manaus, Amor e Memória (1984) e Mormaço na Floresta (1981).

Combate à ditadura

O poeta Thiago de Mello também é autor de  “Os Estatutos dos Homens (1977)”, um contundente manifesto literário de combate à ditadura no Brasil.

Filha de Vanusa...

Aretha Marcos, filha da cantora Vanusa com o cantor e compositor Antônio Marcos ( amos falecidos) , voltou a pedir dinheiro nas redes sociais.

A ex-apresentadora mirim e cantora fez um apelo em busca de ajuda financeira e afirmou estar sem comer desde ontem.

...Passa fome!

— Será que algum dos artistas que jogam, defendem, protegem e se beneficiam do jogo que explora minha vida privada poderia depositar ao menos dinheiro para um café? Estou sem comer desde ontem.

Minha casa

Em 2020, Aretha já havia pedido dinheiro na internet para financiar uma casa própria. Com objetivo de arrecadar R$ 150 mil, ela só conseguiu R$ 5 mil.

*

“Estou fazendo uma campanha para comprar minha casa própria. Quem puder me ajudar depositando um pouquinho na minha conta, agradeço muito. Me ajuda a realizar o meu sonho”, completou.

Piadinha russa

Tá russo

O presidente Jair Bolsonaro visitou seu colega russo Vladimir Putin há cinco meses. Uma piada surgida à época na internet ainda arranca risada:

— Você já leu Tolstói? — pergunta Putin a Bolsonaro.

— Não, mas vi o desenho.

Até Putin riu

Ops! nenhum livro da monumental e imortal obra de Liev Tolstói foi adaptado para desenho animado.

O desenho que o senhor assistiu não seria Toy Store, presidente?

Terrorista de fezes

A família do aposentado André Stefano Dimitriu Alves de Brito, de 55 anos, ficou surpresa quando recebeu a notícia de que ele estaria preso por jogar um artefato explosivo com fezes e urina em ato do ex-presidente Lula, na noite de quinta-feira (7/7), na Cinelândia, centro do Rio.

*

— Ele sempre foi muito tranquilo, ninguém esperava isso, pegou todo mundo de surpresa.  Ele não é nem Lula e nem Bolsonaro. Ele é de centro –, disse Lorena, casada com André há 12 anos.

ÚLTIMA HORA

Musk recua e cancela a compra do Twitter por US$ 44 bilhões

Musk desistiu

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA foi comunicada por advogados de Elon Musk de que o CEO da Tesla e da SpaceX estaria encerrando o acordo para adquirir o Twitter e ainda acusa a empresa de mídia social de estar “violando várias disposições” do acordo de fusão.

O anúncio da saída de Musk do negócio ocorre três meses após um acordo com o conselho de administração do Twitter de compra da rede social por US$ 44 bilhões.

*

Há um mês Musk ameaça deixar o negócio alegando que o Twitter não o respondeu sobre a abundância de contas de spam na rede social. As ações do Twitter caíram cerca de 6% após as notícias, enquanto as ações da Telsa subiram um ponto percentual.

X

A empresa ignorou seus pedidos, “rejeitou-os por razões que parecem injustificadas” ou alegou cumprir ao fornecer a Musk “informações incompletas ou inutilizáveis”, segundo a carta.


ORGULHO

Está rolando nas redes sociais um grande movimento para que o Padre Júlio Lancellotti receba o prêmio Nobel da Paz. O jornalista Jamil Chade publicou uma carta aberta direcionada à presidente do Comitê Norueguês do Nobel fazendo o pedido. E o escritor Afonso Borges criou petição e coleta assinaturas para endossar o apelo. As notícia são do portal Só Notícia Boa.

Em tempos de crises humanitárias, com guerras e a fome se espalhando pelo mundo, a humanidade clama por um sopro de esperança para seguir acreditando no amor. E o Padre Júlio Lancellotti, que dedica a vida ao acolhimento do próximo, representa um pouco desse acalento. Por isso, já tem o apoio de 100 mil pessoas para receber o Prêmio Nobel da Paz.

VERGONHA

Um homem bolsonarista deu um banho em seu carro com gasolina enquanto abastecia o veículo em um posto no estado de Pernambuco, comemorando a redução do valor do combustível.

“A gasolina baixou, é Bolsonaro”, gritou o homem. Em seguida ele tirou a mangueira das mãos do frentista e passou a comandar a bomba, derramando combustível. Alguém tentou impedir a ação, mas o homem insistiu: “Não vai parar nada, deixa derramar”. Sem se preocupar com o risco de incêndio, ele deixou o combustível transbordar do tanque e ainda lavou os pneus e a traseira do veículo.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.