BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - "O que o Brasil faz com índios e natureza é vergonhoso"


A ativista sueca Greta Thunberg disse, em audiência pública realizada pelo Senado Federal ,  que é vergonhoso como o Brasil tem tratado a natureza e seus povos indígenas. Em sessão remota, Greta falou por aproximadamente cinco minutos durante o debate promovida pela Comissão de Meio Ambiente que discutiu o último relatório do IPCC (sigla em inglês para Painel Intergovernamental de Mudança do Clima da ONU).

A ativista afirmou ainda que o mundo – especialmente o Brasil – tem dizimado povos indígenas por proteger a biodiversidade. Sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a ativista pelo clima

— O que os líderes brasileiros têm feito recentemente é absolutamente vergonhoso, especialmente à luz de como trata e vem tratando os povos indígenas e a natureza.

Para Greta, o  Brasil não começou essa crise [climática], mas seus líderes “estão colocando combustível no fogo”.

— Vocês têm uma responsabilidade histórica e uma oportunidade de liderar o caminho, mas para isso vocês devem se unir em torno da ciência e dar a administração da terra de volta aos povos indígenas da Amazônia –, completou a sueca, de apenas 18 anos.

Sentença de morte

A ativista alertou que que o mundo não pode se dar ao luxo de perder a Amazônia, porque se a perdermos, provavelmente perderemos todas as chances de cumprir o Acordo de Paris.

— E   isso será uma sentença de morte para diversas pessoas em diversas partes do mundo, inclusive no Brasil –, advertiu Greta.

A ativista sueca Greta Thunberg charge
A ativista sueca Greta Thunberg 

Bomba relógio

De acordo com o Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, produzido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e divulgado em agosto, a temperatura do planeta seguirá aumentando até, pelo menos, meados deste século.

Código eleitoral

Em meio aos tumultos e à pressão do   7 de setembro, quase ninguém se de conta que o  plenário da Câmara dos Deputados aprovou na tarde de quinta-feira (9) o texto-base projeto que cria o Código de Processo Eleitoral. A proposta recebeu 378 votos favoráveis e 80 votos contrários.

Como votou o Amazonas

Veja como votou a bancada Amazonas:

Átila Lins (PP-AM) – votou  Sim

Cap. Alberto Neto (Republican-AM) – votou Não

Delegado Pablo (PSL – AM) –votou Sim

José Ricardo (PT-AM) – votou Sim

Marcelo Ramos (PL-AM) – votou Sim

Sidney Leite (PSD-AM) – votou Sim

Silas Câmara (Republican-AM) – votou Sim

Mudanças perigosas

A proposta original estabelece uma série de novas regras para as eleições. E contém dispositivos que enfraquecem a fiscalização e punição da Justiça Eleitoral sobre candidatos e partidos, que abrem brecha para impunidade em casos de caixa 2 eleitoral. Também restringem a publicação de pesquisas na véspera e no dia das eleições.

Código eleitoral traz polêmicas

Cavando o impeachment

Os discursos de ódio de Jair Bolsonaro (sem partido) nos atos antidemocráticos de 7 de setembro angariaram mais votos para a abertura de um processo de impeachment contra o presidente da República na Câmara dos Deputados.

A avaliação é do vice-presidente da Casa, Marcelo Ramos (PL-AM).

Não sustenta o golpe

O parlamentar admitiu que a Câmara ainda não reúne os 342 votos necessários para o processo de impeachment contra Bolsonaro.

— Mas hoje há muito mais votos do que ontem. O presidente conseguiu demonstrar que não tem força popular para sustentação de um golpe –, afirmou.

Detonador de pontes

Para ele, Bolsonaro "abre mão" de governar para ter tempo de construir uma "marcha autoritária".

— Com isso, ele acabou explodindo as pontes de pacificação democrática

O presidente não quer pacificação e não adianta nós da Câmara mandar esses sinais, porque ele não quer", completou.

O lado escuro das Redes

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2019,  divulgada nesta sexta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que um em cada dez adolescentes (13,2%) já se sentiu ameaçado, ofendido e humilhado em redes sociais ou aplicativos. Se o quantitativo for considerado apenas de meninas, o percentual é ainda maior, alcançando a casa dos 16,2%, enquanto a marca dos meninos é de 10,2%.

Martha Falcão debate

De olho no tema, a Faculdade Martha Falcão (FMF) realiza nos dias 15 e 22 deste mês palestras gratuitas virtuais sobre o Setembro Amarelo, campanha de prevenção ao suicídio, e sobre o Cyberbullying: Responsabilidades e Consequências. A palestra será ministrada pela psicóloga Raquel Rodrigues.

Zé Trovão amansou

Até Zé Trovão, que passou a semana inteira cuspindo fogo, arregou. O caminhoneiro anunciou nesta sexta-feira, 10, o fim das paralisações de caminhoneiros. Ele afirmou que a decisão foi tomada por representantes da categoria.

Do México...

Zé Trovão se encontra no México e está com um mandado de prisão em aberto desde 3 de Setembro, a pedido da Procuradoria-Geral da República e com autorização do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes.

... Pra cadeia!

Ele é acusado de incitar a prática de atos violentos contra o Supremo e o Congresso no 7 de Setembro.

O general também

Zé Trovão arregou? O general também. General Augusto Heleno, ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, em vídeo, apelou para que os bolsominions não desistam do Brasil – embora o presidente Jair Bolsonaro já tenha desistido dos bolsominions.

General Heleno

De quem é a culpa?

E pra varia, Helena, claro culpou a esquerda pelo desastre do governo Bolsonaro. Ainda sob forte emoção da carta de rendição incondicional assinada por Bolsonaro, o general atacou a esquerda pela incompetência do governo atual. O documento foi escrito pelo antecessor Michel Temer, o drácula do Centrão.

“A esquerda, apesar de sua passagem desastrosa pelo poder, sofreu um revés porque descobriu que o presidente não desejava dar o golpe”, afirmou o ministro da GSI. Não é verdade. Houve um recuo do mandatário, que refugou e deixou seus apoiadores na chuva.

Resposta à sociedade

Às vésperas do encerramento da CPI da Pandemia no Senado, o presidente da comissão não tem dúvidas de que a conclusão do trabalho prevista para as próximas semanas dará uma resposta à altura ao desejo  de justiça da sociedade.

Não quero vingança

Em entrevista à Veja, Aziz disse que a CPI não está atrás de vingança, só quer justiça, achando os responsáveis por todas as mortes que poderiam ter sido evitadas.

— Todo mundo conhece alguém que morreu de Covid-19 e essa tragédia não pode ficar impune.

Bolsonaro na mira

Omar evita imputar crimes comuns a Jair Bolsonaro e relacioná-­lo à corrupção. No entanto, o senador  diz que os indícios já apontam para um crime de responsabilidade – que pode lhe render um processo de impeachment na Câmara.

Revolta no rebanho

Novo recuo de Bolsonaro, agora sobre os movimentos golpistas e principalmente, em relação ao discurso raivoso que, segundo o presidente do STF, Luiz Fux, flertou com o crime de responsabilidade, levou o gado bolsonarista a entrar em parafuso. Revoltados, bolsonaristas classificaram a aproximação com Temer como traição e se revoltaram nas redes sociais.

ÚLTIMA NOTÍCIA

LISTÃO DO SERASA – País tem 59,4 milhões de endividados

Programa Serasa Limpa Nome

Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), divulgados esta semana, mostram que 59,4 milhões de pessoas estavam com o nome sujo no final do mês de julho. São 39,3% da população com idade entre 19 e 95 anos. Para saber as pendências financeiras, o cidadão pode consultar o Cadastro de Pessoa Física (CPF) no site da Serasa. No portal, também tem as pendências de empresas. Nesse caso, é preciso o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

O órgão orienta o cidadão sobre as melhores condições de negociação das dívidas. Entre elas, o programa Serasa Limpa Nome, em que empresas oferecem descontos e condições especiais de pagamento. As negociações podem ser tratadas nos telefones 0800 591 1222 ou 3003-6300.

ORGULHO

Com o valor da conta de luz aumentando a cada mais, conseguir um desconto na fatura no fim do mês pode representar um fôlego para as finanças e isso pode ser possível, pelo menos para os consumidores do Mato Grosso. O Grupo Energisa vai dar um ano de conta de luz de graça para os clientes residenciais que pagarem suas contas de luz por QR Code PIX ou débito automático. Os prêmios podem chegar a R$ 5 mil em sorteios. A campanha foi lançada no fim de agosto e se inicia em Mato Grosso, onde a concessionária tem cerca de 1,5 milhão de consumidores. Os interessados têm até 30 de setembro para concorrer. A Energisa foi a primeira empresa do setor elétrico a incluir o QR Code Pix nas faturas impressas.

VERGONHA

O ator Bruno Gagliasso foi às redes sociais ironizar os bonecos de papelão de Roberto Jefferson presentes nos atos golpistas deste 7 de setembro. “Imagina sair de casa no meio do feriadão pra defender ISSO? kkkkkkkk”, questionou em gargalhadas. Após passar anos preso por causa do Mensalão, Jefferson agora está na cadeia por integrar uma organização que busca “desestabilizar as instituições republicanas”. Denunciado como “operador” das “rachadinhas”, Fabrício Queiroz foi ao ato golpista de 7 de setembro. Após ser lambido por bolsonaristas, ele publicou uma foto em que presta continência para um boneco de papelão de Roberto Jefferson. Na foto que está restrito a seus seguidores, o amigo de longa data do presidente Jair Bolsonaro chama Jefferson de “patriota” e afirma: “Tem meu respeito!!”.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.