BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Independente, pero no mucho!


O candidato Coronel Menezes (Patriota)  estufa o peito no programa eleitoral  e diz em alto e bom som que não de coligou a nenhum cacique para disputa  a prefeitura de Manaus.

— Sou independente! – Brada o coronel.

Mas logo em seguida diz que tem o apoio de seu “compadre”. Jair Bolsonaro. Por sua vez, Bolsonaro passou o tempo todo dizendo que não apoiaria nenhum candidato, por conta de suas obrigações presidenciais. Mas aceitou gravar um vídeo onde diz lá “em Manaus, eu tenho um candidato lá, é o Coronel Menezes”.

Mesmo com Menezes levantando a bandeira de Bolsonaro praticamente todos os dias de sua campanha, a candidatura não decolou e não chega nem na casa dos dois dígitos.

Lavrado em cartório

O  candidato a prefeito Ricardo Nicolau (PSD), registrou em cartório uma Carta Compromisso ao Funcionário Público municipal.

No documento, lavrado em cartório, na manhã desta quarta-feira, 28, Nicolau apresenta ações para revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações e melhorias na ManausMed, Manausprev, habitação e trabalho.

Plano de saúde

Entre os compromissos está a reestruturação da cobertura do plano de saúde, hoje realizada pela Manausmed.

O objetivo é cumprir as exigências da Lei 9.656/1998, que versa sobre as obrigações dos planos de saúde e seguir o que determina a Agência Nacional de Saúde (ANS).

“Virei boiola”

Em parada não programada na pequena cidade de Bacabeira (MA), durante viagem ao Maranhão, o presidente Jair Bolsonaro tomou refrigerante cor de rosa, tradicional do estado, e questionou se teria virado "boiola", devido à cor da bebida.

— Agora eu virei boiola igual maranhense, é isso? Olha o guaraná cor de rosa do Maranhão ai ó. Quem toma esse guaraná vira maranhense – disse, rindo, enquanto mostrava o copo com a bebida.

Nem Jesus escapa

A declaração foi dada em vídeo publicado nas redes sociais do presidente. Agora um detalhe: o refrigerante cor de rosa ironizado pelo capitão se chama Jesus, marca  pertencente à The Coca-Cola Company.

Tem um sabor adocicado, lembrando vagamente tutti-frutti, e é fabricado e distribuído principalmente no estado do Maranhão, no Brasil, local em que suas vendas ultrapassam as das demais marcas de refrigerante.

Bateu levou

A resposta do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), veio pouco depois e com uma provocação ao presidente:

— Até para quem é mal educado, que não tem Jesus no coração a gente serve também.

Tome guaraná!

Após a piada homofóbica de Bolsonaro, Flávio Fino escreveu:

— Vamos todos hoje a noite comemorar tomando guaraná Jesus, que é o guaraná do povo do Maranhão!

Sinal de alerta

Deputado Wilker Barreto (Podemos)  voltou a cobrar a Secretaria de Saúde  e o Corpo de Bombeiros a situação dos Alvarás de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) dos hospitais de Manaus.

— Os alvarás são importantes para prevenir tragédias –, reforçou Barreto.

Tragédia

O parlamentar externou sua preocupação depois do incêndio que atingiu o prédio do Hospital Federal de Bonsucesso, na última terça-feira (27), na Zona Norte do Rio de Janeiro, e que causou a morte de três pessoas.

Deputado cobrou alvará dos hospitais públicos 

Um passo à frente

No dia 10 de outubro de 2019, Wilker já havia solicitado que o Corpo de Bombeiros e a SES informassem quais hospitais públicos e privados do Estado possuem os autos de vistoria.

— Temos que estar um passo à frente e ter a garantia da fiscalização do Corpo de Bombeiros em nossos hospitais –, alertou o deputado.

Política energética

O deputado Sinésio Campos (PT), voltou a defender a necessidade de aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC), para estabelecer as bases jurídicas fundamentais para o ordenamento do setor energético no Estado do Amazonas.

Reclamando

No pronunciamento, o deputado também fez um apelo aos demais parlamentares para que subscrevam o projete para que possa ter tramitação e votação em plenário.

— O Amazonas não possui um plano energético para formular e implementar adequadamente a política energética estadual –, reclamou o pequeno gigante.

Dependentes da ZFM

Só assim, complemente o petista, será possível alavancar o desenvolvimento sustentável, gerar emprego e renda e melhorar a qualidade de vida tanto na capital quanto nos demais municípios do Estado.

— Precisamos ter um olhar para novas matrizes econômicas. Não podemos continuar dependentes da Zona Franca de Manaus – cutuca Sinésio.

Sinésio Campos 

Pé de ouvido

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, conversou na manhã desta quinta-feira, 29, com o senador Plínio Valério (PSDB-AM) sobre o projeto de autonomia do BC que tramita na Casa. A audiência começou às 10h35 e durou uma hora.

Votação no dia 3

O senador afirmou que a reunião busca esclarecer pontos do relatório do projeto. O tucano de Eirunepé é autor da proposta, prevista para votação no Senado no próximo dia 3.

Vazou

A conversa ocorre após o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ter afirmado que Campos Neto vazou uma conversa entre os dois.

Rombo

As contas do Governo Central registraram déficit primário de R$ 76,154 bilhões em setembro. É o pior desempenho para o mês da série histórica, que tem o início de 1997.

Rombo 2

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto. Em setembro de 2019, o resultado havia sido negativo em R$ 20,471 bilhões.

Amor em dose dupla

A jornalista Andreia Sadi, de 33 anos, da GloboNews, anunciou nesta quinta-feira (29) que está grávida de gêmeos.

A repórter especializada em política, que é casada com o jornalista esportivo André Rizek, contou a novidade nos bastidores da emissora.

Bye, bye Intercept

Figura-chave na publicação do vazamento de conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e integrantes da Lava Jato, o jornalista Glenn Greenwald (foto)anunciou, nesta quinta-feira (29), sua saída do site The Intercept, que ajudou a fundar.

Glenn Greenwald 

Vaza Jato

O jornalista ganhou notoriedade no Brasil após a versão brasileira do Intercept publicar diversas conversas do ex-ministro Sérgio Moro e do ex- procurador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, as matérias foram intituladas de "Vaza Jato".

Censura, não!

Em um longo texto de despedida, Glenn alega que teve nesta semana um artigo censurado pelos editores norte-americanos em que tecia críticas ao candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden.

Radicado no Rio de Janeiro, ele é casado com o deputado federal David Miranda (Psol-RJ).

Vacina em janeiro

O Brasil terá uma vacina aprovada e pronta para uso da população contra covid-19 entre janeiro e junho do próximo ano, afirmou o diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, ao destacar que o órgão regulador – embora não tenha uma decisão formada sobre o percentual da eficácia do futuro imunizante – já admitiu vacinas anteriores com menos de 50%.

— Acredito, pelo que temos observado, que o tempo para isso acontecer será em algum momento entre o primeiro mês e o sexto mês de 2021, ou seja, no primeiro semestre de 2021. Por enquanto é isso que acredito em face do que temos visto”, disse Barra Torres.

ÚLTIMA HORA

Um relatório divulgado nesta quinta-feira (29), o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), concluiu que uma série de falhas de manutenção levou à queda do helicóptero que transportava o jornalista Ricardo Boechat (no traço de JBosco). Ronaldo Quattrucci, de 56 anos, piloto que controlava o voo, também morreu. Segundo o Cenipa, o profissional tomou atitudes consideradas erradas durante a operação do helicóptero. De acordo com o relatório, Ronaldo não verificou se os instrumentos de bordo estavam funcionando perfeitamente e suas atitudes durante o voo também contribuíram para o acidente.

O relatório informa que alguns itens foram cruciais para a queda do helicóptero. Um dos itens foi as falhas no compressor da aeronave, que não teve nenhuma atualização ou troca completa desde 1988. O compressor estava com peças vencidas no momento do acidente. Segundo o Cenipa, o tubo de distribuição de óleo da aeronave também “estava com o calendário de troca excedido várias vezes”.

ORGULHO

O jogador Jackson, do Sampaio, time de São Luiz, no Maranhão,  não esqueceu e deu um show de solidariedade ao ajudar o massagista do clube a construir parte da casa dele. Atacante do time que está na série B do Brasileirão arregaçou as mangas e foi ajudar o massagista do clube Haroldo, que queria construir um muro na casa, mas não tinha dinheiro para pagar a mão de obra. Quando soube do problema do amigo, o atleta, conhecido como polivalente, foi pessoalmente ajudar. Jackson trabalhou como pedreiro até os 24 anos para sustentar a si mesmo e a família, até conseguir contrato no futebol. Ele já jogou pelo Remo, Ypiranga-RS e Internacional. E mesmo ocupado, entre viagens, treinos e jogos, ele arrumou uma brecha na agenda e foi fazer a obra.

VERGONHA

Com críticas ao presidente Jair Bolsonaro, um artigo publicado pelo general da reserva Otávio do Rêgo Barros, ex-porta-voz da Presidência da República, no Correio Braziliense, na terça-feira (27/10), teve grande repercussão na imprensa e movimentou as redes sociais. No texto, sem citar nomes, o militar compara Bolsonaro a um "imperador imortal" e diz que o poder “inebria, corrompe e destrói”. Ele também alerta que uma eventual extrapolação dos limites legais por "um governante piromaníaco será rigorosamente punida pela sociedade". O artigo, intitulado 'Memento mori' (em tradução livre do latim, 'lembra-te que és mortal'), trata de uma suposta dificuldade de Bolsonaro para lidar com opiniões que não lhe sejam favoráveis e de reconhecer os próprios erros. O texto também inclui críticas a auxiliares presidenciais, os quais define como “seguidores subservientes”.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.