BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - CABOCLO REMADOR – Mazoca vai decidir para que lado remar e levar sua canoa ao governo do Estado



Amazonino Mendes anda mais disputado que braço de idoso em fila de vacinação. Desde que retornou de São Paulo, exibindo um look “sertanejo universitário”, o ex-governador passou a ser desejado por líderes de vários partidos. Até mesmo por aqueles que, num passado não muito distantes, preferiam abraçar o capeta a ter que apertar a mão de Mazoca. Entre eles o PSDB, de Arthur Virgílio, seu adversário histórico em campanhas memoráveis, como a de 1992,quando o tucano, reforçado pelo cacique Gilberto Mestrinho (MDB)  tentou empurrar José Dutra goela abaixo para a prefeitura de Manaus.  Virgílio abriu a janela, é verdade, mas o ex-governador ainda não decidiu. Na verdade, o Negão – como ele se auto denomina –, tentou voltar ao governo pelo   União Brasil, partido que não vai pra esquerda e nem pra direita, muito pelo contrário. Mas lá deu de encontro com um muro erguido pelo ex-filho político,  o ex-deputado federal Pauderney Avelino, que foi eleito presidente regional do  partido no Amazonas. Garantem as más línguas que foi Ney, “filho ingrato”,  que puxou o tapete de Mazoca. Agora, Amazonino, como bom caboclo que é,  está pensativo e em silêncio,  na proa da canoa, para decidir com cautela para que lado do rio vai remar.

Esquerda, direita ou centro

Depois de adiar pela terceira vez o nome do partido pelo qual disputará a eleição, Amazonino anunciou que isso será anunciado na próxima sexta-feira. Enquanto isso já tem neguinho dizendo por aí que Mazoca já recebeu convite do PL, PT, PCdoB e até do MDB de Eduardo Braga, outro “filho ingrato”  com quem já brigou e reatou umas 20 vezes.

Dudu toparia?

Mas aí, Dudu teria que renunciar à sua pretensão de retornar ao governo, já que tem mais quatro anos de Senado. Vaidoso do jeito que é, será que ele topa?

Camarada Mazoca

Difícil imaginar o Negão em carreatas acenando para o eleitor ao lado de Vanessa Grazziotin e do comandante em chefe  Eron Bezerra. Ou ainda, em cima da kombi de Zé Ricardo cantando “Lula lá/ brilha uma estrela...”

Será?

Combinaram como Wilson?

Também é preciso dizer que essa disputa por Amazonino, não é por causa do visual renovado do pré-candidato ao governo, mas, sim, porque ele lidera todas as pesquisas de intenção de votos para o governo. E quem não vai querer ficar ao lado da máquina?

Quem anda pensando que as coisas serão fáceis  assim, é bom combinar com o governador Wilson Lima.

Dizem por aí

Como diria o patriarca Flaviano Limongi, dizem, dizem, eu não sei, que a ex-primeira-dama de Manaus, Betinha Valeiko,  poderá ser candidata a vice- governadora de nada menos que o tetra governador Amazonino Mendes (sem partido).

Mas isso pode não passar de um grande boato. Isso porque nem mesmo o ex-prefeito Arthur Virgílio garante que Mazoca assinará a ficha de filiação do PSDB para disputar a eleição ao governo.

Renovação...

E por falar em Wilson Lima, o governador do Amazonas está na lista dos políticos que foram eleitos a um cargo majoritário em 2018 que usaram o discurso de "renovação".

... Pero no mucho!

Aliás, o presidente Jair Bolsonaro (PL) não foi o único eleito a um cargo majoritário em 2018 que usou o discurso de "renovação". Seis governadores aproveitaram a onda da "nova política" e venceram as eleições: Ibaneis Rocha (MDB), no Distrito Federal; Romeu Zema (Novo), em Minas Gerais; Carlos Moisés (sem partido), em Santa Catarina; Marcos Rocha (PSL), em Rondônia; Antonio Denarium (PP), em Roraima; e Wilson Lima (PSC), no Amazonas.

Outro vice

Além deles, Cláudio Castro (PL), que foi eleito vice mas se tornou governador do Rio de Janeiro, também se elegeu numa chapa que defendia a renovação na política – embora ele tivesse sido vereador.

Fora fake news

O YouTube decidiu remover todos os vídeos com conteúdos falsos sobre as eleições de 2018. A medida foi anunciada nesta terça-feira (22) e faz parte de uma atualização na política da plataforma para combater fake news no cenário eleitoral.

Agora é tarde

Serão retirados do ar vídeos com "informações falsas sobre fraude generalizada, erros ou problemas técnicos que supostamente tenham alterado o resultado de eleições anteriores, após os resultados já terem sido oficialmente confirmados".

Agora é tarde, não é? O estrago já foi feito. Lula e  Fernando Haddad que o digam!

Votos e mentiras

A plataforma informou que essa regra "inclui alegações falsas de que as urnas eletrônicas brasileiras foram hackeadas na eleição presidencial de 2018 e de que os votos foram adulterados".

O rei das fakes

A alegação já foi adotada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que questionou, reiteradas vezes, a segurança da urna eletrônica e acusou ter havido fraude eleitoral.

Depois nega

Em julho de 2021, no entanto, ele admitiu não ter provas das acusações ao sistema de votação. E  foi incluído como investigado no inquérito que apura fake news, em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF).

Vota UEA

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) vai às urnas nesta quarta-feira (23),  para escolher o reitor e o vice-reitor que irão comandar a instituição no período de 2022 a 2026.

A votação tem início às 9h e encerra às 20h (horário local dos municípios), com a divulgação do resultado parcial prevista para o mesmo dia.

Aula de democracia

Estão aptos a votar para escolher o novo reitor os professores dos cursos de graduação e pós-graduação, técnico-administrativos efetivos, temporários, comissionados e procuradores jurídicos. Além, claro, dos acadêmicos de graduação e de pós-graduação, regularmente matriculados neste semestre.

Resultado sai hoje

O início da apuração das eleições ocorre na quarta-feira (23/03), às 21h, logo após o término da votação, e a previsão da divulgação preliminar será no mesmo dia. A Comissão Eleitoral Geral informa que a apuração dos votos será transmitida em tempo real nas redes sociais oficiais da Universidade.

Governadores reagem

O Fórum de Governadores decidiu, na manhã desta terça-feira (22/3), ingressar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para contestar o artigo 7 da Lei Complementar nº 192/22, sancionada sem vetos pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

A lei prevê a incidência por uma única vez do ICMS sobre combustíveis, inclusive importados, com base em alíquota fixa por volume comercializado.

Mundo da lua

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes), que antes só vivia no mundo da lua, provou da política e parece que gostou. Vai largar a Esplanada dos Ministérios para concorrer às eleições para  deputado federal por São Paulo.

Mamãe eu quero!

O ministro, no entanto, ainda não decidiu se vai se filiar ao PL, mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro e de parte considerável de seus apoiadores fiéis.

— A pré-candidatura a deputado federal para o estado de São Paulo, foi uma decisão tomada em conjunto com os outros ministros e com o próprio presidente também –, declarou Pontes.

Moro é nada

O ministro Gilmar Mendes (no traço de Duke) , decano do Supremo Tribunal Federal, relatou nesta terça-feira, 22, um encontro com Jair Bolsonaro em que discutiram a passagem do ex-juiz Sergio Moro pelo Ministério da Justiça. Em entrevista à Bloomberg Línea, o magistrado voltou a fazer graves críticas à atuação da Lava Jato.

Moro é nada 2

— Um dia ele [Bolsonaro] me disse: ‘Olha, cometemos muitos erros e entre eles está ter nomeado Sergio Moro. Se tivéssemos um ano de experiência antes, talvez não tivéssemos feito isso’.

Eu disse:

— Não, presidente. Entre os seus legados está ter nomeado Sergio Moro ministro da Justiça e depois tê-lo devolvido para o nada –”, narrou Gilmar

Pastor manda mais

Parlamentares entraram, nesta terça-feira (22/3), com representação na Procuradoria-Geral da República pedindo investigação contra o ministro da Educação, Milton Ribeiro, por suspeita de prática dos crimes de responsabilidade e de improbidade administrativa.

Bolsonaro reforça

Em áudios sobre o papel de pastores na destinação de verbas da pasta, revelados pela Folha de S.Paulo, Ribeiro confirma o direcionamento e afirma que faz isso a pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL).

ÚLTIMA HORA

JUSTIÇA DECIDE – Dallagnol vai ter que indenizar Lula por dano moral

Por 4  votos a 1, a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) formou maioria nesta terça-feira (22) para determinar que o ex-procurador Deltan Dallagnol terá de indenizar o ex-presidente Lula por dano moral. O caso diz respeito às acusações infundadas feitas por Dallagnol diante da imprensa em 2016 por meio de um PowerPoint, que colocava o ex-presidente como chefe de um suposta organização criminosa, fato que não se comprovou ao longo dos últimos seis anos. O relator da ação, ministro Luís Felipe Salomão, votou pelo fixação da indenização argumentando que o procurador Deltan Dallagnol usou expressões desabonadoras da honra e imagem e "a meu ver não técnicas, como aquelas apresentadas na própria denúncia".

Segundo o ministro, “a espetacularização do episódio não é compatível nem com o que foi objeto da denúncia e nem parece compatível com a seriedade que se exige da apuração desses fatos”. Os ministros ainda terão de discutir o valor da indenização a ser paga. Dallagnol ainda poderá recorrer da decisão no próprio tribunal.

ORGULHO

Olha só que coisa boa. Uma notícia de Manaus virou destaque nacional. A capital da Zona Franca vai sediar o primeiro evento de moda indígena no Brasil. A mostra inédita acontecerá dos dias 2 a 23 de abril e ainda contará com 29 estilistas e 37 modelos indígenas. A “Mostra Intercultural de Moda Indígena”, que vai para além das passarelas, busca profissionalizar artistas indígenas com técnicas de produção e democratizar o acesso das comunidades. Os modelos são das etnias Munduruku, Baré, Sateré-Mawé, Tikuna, Witoto, Mura, Tariano, Kambeba, Carapanã e Kokama, entre outros. Ao todo, 70 profissionais estão envolvidos na ação.

VERGONHA

Homofobia já é  uma vergonha e uma crueldade. Agora imaginem homofobia contra animais? Isso só pode partir de pessoas doentes. Um cachorro chamado Fezco foi abandonado pelos tutores no condado de Stanley, no estado da Carolina do Norte, Estados Unidos, porque eles acreditavam que o animal fosse gay. De acordo com relatos nas redes sociais, o cão, que tem entre quatro e cinco anos de idade, é dócil e se dá bem com todo mundo, pessoas e outros animais.Fezco foi deixado na rua após os ex-donos virem ele cruzando com outro cão macho. A Sociedade Americana de Prevenção da Crueldade contra Animaisesclarece em publicação que “machos montando em machos (bem como em pessoas e objetos) e mesmo se masturbando são comportamentos normais exibidos pela maioria dos cães”. Ainda assim, os ex-tutores de Fezco acreditavam que seu comportamento era a prova de que ele estava sexualmente atraído por outros machos e, portanto, não podia ficar sob o teto deles. Internautas definiram o comportamento dos ex-donos como “odioso” e “vergonhoso”.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.