BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - As trapalhadas do ministro Eduardo Pazuello


O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello (no traço de Fraga) , está mais perdido que catraia em noite de temporal. Ele veio a Manaus, possou de superministro, fez, aconteceu e prometeu que a vacinação para as pessoas na faixa etária dos 50 aos 69 anos, começaria  nesta segunda-feira, 22/02.

— Temos que fazer a vacinação em massa e, nesse primeiro momento, vamos vacinar todos acima de 50 anos. Vamos antecipar as vacinas para o Amazonas, sem tirar nada dos outros estados –, prometeu o general.

Mas qual o quê? Foi só mais uma “logística” furada do general. A vacinação não vai acontecer e sabe Deus lá quando. Sim, porque para fevereiro, o ministro vai mandar 166.143 doses, mas  para povos e comunidades tradicionais ribeirinhos; 8.563 doses para povos e comunidades tradicionais quilombolas e 3.460 doses para trabalhadores de saúde.  E para a galera de 50 a 69 anos?  Neca de pitibiribas!

Quem acredita?

Nesta sexta-feira, 19,  ministro garantiu, a uma comissão da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que o governo distribuirá mais de 4,7 milhões de doses da vacina contra a covid-19 até o começo de março.

Mas será que dessa vez a promessa de Pazuello vai rolar?

Avisem aos laboratórios

Tem governar que já não acredita mais na palavra de Pazuello. É o  caso do governador da Bahia,  Rui Costa, que já anda ressabiado com s furadas do ministro.

—  Esperamos que, desta vez, o cronograma aconteça, embora muitas das doses ali no cronograma estão com números acima do que os próprios laboratórios anunciaram que vão entregar –, disse Costa.

A passos de tartaruga

A realidade é que a vacinação contra a covid-19 no Brasil, que já dura um mês, tem sido criticada por sua lentidão.

Isso é preocupante.

Vejam só: até quinta-feira (18), o Brasil tinha vacinado 5,5 milhões com a primeira dose, o que representa 2,6% da população.

É quase nada

Apenas 0,26% dos brasileiros haviam recebido as duas doses necessárias. E, como se sabe, quase a totalidade da população apta a ser vacinada precise de duas doses dos imunizantes para que se alcance a chamada imunidade coletiva, estágio a partir do qual o vírus para de circular.

Covid acelera

Enquanto isso, o Brasil registrou até quinta-feira (17) quase 10 milhões de infectados e mais de 240 mil mortes pelo novo coronavírus.

Gato por lebre

Considerado especialista em logística pelo governo federal, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, não tem especialização acadêmica na área. Esta informação foi revelada pelo Jornal de Brasília, que teve acesso ao currículo de formação do general.

Oficial intendente

De acordo com a matéria de Vanessa Lippelt, Pazuello se formou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) como Oficial Intendente, ou seja, aquele que “distribui o material de intendência (uniformes, equipamentos individuais, etc) e os diversos tipos de munição e de gêneros alimentícios. Proporciona também, em operações, outros serviços como lavanderia e banho.

Deu pra ver

Logo, em meio a tantas barcas fradas, o país já percebeu que o propalado talento do ministro – um especialista em logística – é bastante questionável.

Apoio “saco”

No anedotário popular, “apoio saco” é aquele tipo em que o elemento  “apoia, mas não entra”. É o  que vem a acontecendo por aqui. Investigado no Supremo Tribunal Federal (STF) pela atuação no colapso de saúde na capital amazonense, Pazuello voltou a afirmar que agiu para amenizar a crise e que o papel do ministério é somente de "apoio".

Trapalhadas

Trapalhadas como a falta de seringas descartáveis, discussões sobre preços de insumos e ignorar a falta de suprimento de oxigênio em Manaus mostram que o forte do general não é mesmo coordenar armazenamento, transporte e distribuição de suprimentos.

Nas organizações militares, os intendentes assessoram os comandantes na administração financeira e na contabilidade.

Mirem-se no exemplo!

Enquanto os amazonense pressionam o governador Wilson Lima para afrouxar o decreto que restringe a circulação – e ele acabou cedendo na sexta-feira – a  Inglaterra mostra ao mundo que só o isolamento social e a vacina poderão vencer a CVovid.

Lockdown salva

Um estudo do Imperial College de Londres mostrou que as infecções por covid-19 estão caindo na Inglaterra, indicando que o terceiro lockdown, anunciado no início de janeiro, está funcionando.

Remédio amargo

A pesquisa chamada de React descobriu que as infecções pelo novo coronavírus caíram em mais de dois terços desde meados de janeiro. Em Londres, a queda registrada foi de 80%.

Ninguém gosta de ficar trancado em casa, é claro. Mas é preciso lembrar que  o “remédio é amargo, mas é eficaz!

Parece sina

Infelizmente, a sina continua: Manaus só aparece nas manchetes do sul maravilha quando a notícia é negativa. Sexta-feira, 19, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-Rio) identificou quatro contaminações pela cepa de Manaus.

Veio de Manaus

Os testes realizados constataram que quatros dos cinco pacientes foram infectados dentro do território fluminense, a esse grupo dá-se o nome de autóctones. O outro caso registrado é o de um portador da doença que veio de Manaus.

Pensando no motoboy

A deputada Nejmi Aziz (PSD), protocolou requerimento propondo ao Governo do Estado a inclusão dos trabalhadores de transporte e entrega de produtos no sistema delivery nos grupos prioritários da vacinação contra Covid-19.

— Esses trabalhadores estão expostos ao coronavírus em razão do trabalho que realizam diariamente – justificou a parlamentar.

Deputada pediu vacinação para entregadores de delivery

Apertem o cinto

Acontece nesta terça-feira, 23, no  Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), o julgamento sobre o destino de um jato cedido para auxiliar na crise sanitária do Amazonas.

Ação que tramita na Corte discute os reais proprietários da aeronave, a qual, durante o processo, ficou cedida para o Governo de Minas, como fiel depositário, por cerca de um ano.

O jato Cessna Citation 560 XLS, apreendido na operação Maus Caminhos 

Jato da Maus Caminhos

O objeto da disputa é um jato de luxo, Cessna Citation XLS de prefixo PR-TRJ, que foi apreendido no âmbito da Operação Maus Caminhos, em 2016. A investigação apurava possíveis desvios na Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas.

Voando alto

O alvo central da operação foi o empresário Mouhamad Moustafá. E era ele que alugava com frequência o meio de transporte de uma empresa de táxi aéreo com hangar na cidade de Manaus (AM).

Fanfarrão, mas covarde

Iniciada no final da tarde desta sexta-feira (19) a sessão parlamentar na Câmara dos Deputados que decidirá pela manutenção ou relaxamento da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), o próprio teve 15 minutos para se defender, quando baixou a bola e possou de “ternurinha”.

Fanfarrão: Daniel Silveira a quebrando a placa de rua com nom de Mariellen

Afinou o discurso

Diferentemente do tom alto e agressivo costumeiramente utilizado por ele, Silveira se mostrou calmo, pedindo desculpas repetidamente por ter falado de modo violento contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), fazendo até mesmo ameaças, o que motivou sua prisão.

Quem tem, tem medo

O nome disso, na linguagem popular, é “arriar  as calças”.O arrogante valentão, com medo de ser cassado, disse que assistiu ao seu vídeo – um festival de baixarias –, três vezes e admitiu que se excedeu na fala.

— Peço desculpas a todo o Brasil, todos os juristas renomados, senhoras e adolescentes que perceberam que me excedi na fala. Peço desculpas a qualquer brasileiro que tenha se ofendido, mas já me arrependi –, disse.

Malafaia ameaça

Líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, o pastor Silas Malafaia ameaçou qualquer deputado evangélico que votar contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), quando a sua prisão virar pauta no plenário da Câmara.

— Alerta à Frente Parlamentar Evangélica! Deputado evangélico que votar em favor dessa aberração jurídica de manter um deputado preso por suas falas, vou denunciar aos evangélicos, para nunca mais ser votado por nós –, disse ele, na mensagem.

Malafaia e o spray "mata capeta": em defesa de Daniel Silveira

Rabo preso

Em vídeo, publicado nas redes sociais, Malafaia disse não concordar com as palavras do deputado, mas afirmou que a prisão de Silveira é "inconstitucional". Ele também fez críticas diretas ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

—  Vergonha total! Lira, presidente da Câmara, trabalhou essas 24 horas com os líderes para manter o deputado preso.  Uma cambada que tem rabo preso no STF.

ÚLTIMA HORA

Militares já ocupam 60% dos cargos da Funai

Os militares já ocupam quase 60% das coordenações regionais da Funai na Amazônia Legal.  Das 24 coordenações regionais da Fundação Nacional do Índio (Funai) na Amazônia Legal, 14 são lideradas por militares. Os cargos são ocupados por quatro capitães, quatro tenentes, um tenente-coronel, um paraquedista e quatro fuzileiros navais – um deles da reserva. A proporção de militares na chefia das coordenações é de 58,3% nos nove estados da Amazônia Legal. Nas demais regiões do país, a incidência é de 26,7%. As informações  são do portal Brasil de Fato. Dinaman Tuxá, coordenador executivo da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), explica qual seria, na avaliação da Apib, o perfil ideal para chefiar as 39 coordenações regionais da Funai.

Indiazinha na Amazônia Foto Renato Soares

De acordo com o líder indígena, é  um cargo que atende na ponta, que tem relação direta com os indígenas.

— E o perfil mais adequado são agentes indigenistas, sociólogos, antropólogos, pessoas que conhecem a causa, têm sensibilidade e vão trabalhar para que se cumpra a missão institucional da Funai, que é proteção e promoção dos direitos dos povos indígenas.

ORGULHO

Uma engenheira Nzambi Matee , de Nairobi, está produzindo tijolos resistentes, sustentáveis e de baixo custo a partir de resíduos de plásticos reciclados e areia. A queniana abriu uma fábrica em Nairóbi, que produz cerca de 1.500 tijolos todos os dias, em diferentes tamanhos e cores.

— Nosso produto é quase cinco a sete vezes mais resistente que o concreto –, disse Matee, fundadora da Gjenge Maker. Matee montou sua fábrica depois que ficou sem paciência esperando que o governo resolvesse o problema da poluição do plástico. “Há aquele lixo que eles não podem mais processar; eles não podem reciclar. É isso que recebemos ”, explica. O lixo vem das fábricas de embalagens gratuitamente, embora pague pelo plástico que obtém de outros recicladores.

VERGONHA

O vice-líder do governo Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM) afirmou que a prisão de Daniel Silveira é um absurdo, porque o deputado estava no exercício do mandato e expôs sua opinião.

— Dar opinião virou crime inafiançável agora no Brasil? Se cuida, Globo!", debochou.

É o caso de perguntar ao deputado se querer bater em ministro do STF, dizer que um deles gosta de “colhão roxo”,   usar palavrões para dizer que os ministros do STF “não servem para p... nenhuma para esse país"; dizer que os magistrados "não têm caráter, nem escrúpulo, nem moral" e que deveriam ser retirados do cargo e que gostaria de bater em alguns deles quando os encontrasse, isso é  emitir opinião? Então, tá!

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.