BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Concurso público do Corpo de Bombeiros registra mais de 9 mil faltosos


O concurso público do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), realizado neste sábado (12/02), registrou, ao todo, 9.776 faltosos em Manaus e nos municípios de Humaitá, Parintins e Tabatinga. O número representa aproximadamente 21% do total de inscritos no edital, que superou 46 mil candidatos.

Esta foi a primeira vez, em mais de 10 anos, que o Governo do Estado promoveu seleção para profissionais do órgão de Segurança Pública. As provas ficaram a cargo da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Um total de 46.684 mil candidatos se inscreveram para o concurso, sendo 7.271 para o cargo de 2º tenente (nível Superior); e outros 39.413 para soldado (nível Médio).

"Após a prova objetiva, será marcada em edital extra a prova discursiva, posteriormente entrega de exames e o Teste de Aptidão Física (TAF). Começaremos o curso tão logo todo o processo esteja concluído", afirmou o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Orleilso Muniz, que acompanhou a chegada dos candidatos ao prédio da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), bairro Japiim, zona sul, um dos locais de prova da capital.

Ao todo, 64 locais de prova, distribuídos em todas as zonas de Manaus receberam os candidatos. No interior, 19 locais foram destinados para a realização das provas, sendo seis em Humaitá, quatro em Parintins e nove em Tabatinga.

Novos desafios - Para muitos inscritos, o concurso é a oportunidade não só de ingressar, mas de alcançar melhorias, no caso daqueles que já estão dentro da corporação.

Um exemplo é o cabo Sílvio do Carmo, que já integra o efetivo do CBMAM.

"É um momento de nós darmos mais ênfase à corporação, de reconhecer tudo que ela tem feito por nós. Logrando êxito no concurso de hoje, não só eu e minha família vamos ganhar com isso, mas toda a corporação, que já vai ter um profissional lá dentro que vai estar mais preparado. É um sonho de infância", comentou o militar.

"Queremos agradecer imensamente ao governador Wilson Lima pela oportunidade que ele está nos concedendo", concluiu Sílvio.

Remuneração - Para o cargo de 2º tenente, a remuneração alcançada após a conclusão do Curso de Formação de Oficiais e do estágio probatório é de R$ 12.468,18. E, para o cargo de soldado, a remuneração alcançada após a conclusão do Curso de Formação de Soldado Bombeiro Militar é de R$ 4.831,43.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus