Calendário

agosto 2018
DSTQQSS
« jul  
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

População quebra ônibus em Manaus e critica rodoviários

Desta vez a população resolveu reagir. Com a greve dos rodoviários chegando a sétimo dia em Manaus, passageiros que lotavam os terminas na manhã desta segunda-feira, 04/06,  se revoltaram contra o sistema de transporte coletivo. Por volta de 7h30 da manhã, com terminais de ônibus completamente lotados, os ônibus começaram a ser depredados pelos passageiros, em protesto contra a nova paralisação. Muitos disseram que os rodoviários não respeitam o Poder Judiciário e que eles não respeitam a cidade.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, nesta segunda-feira, 04/06, apenas 30% da frota circularia. Alguns ônibus chegaram a sair das garagens ainda na madrugada de hoje. Entretanto, pouco tempo depois os motoristas receberam ordem do Sindicato dos Rodoviários para que os coletivos deixassem de circular nas ruas.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) havia informado que garantiria policiamento na frente de todas as empresas, para garantir a saída dos veículos e a segurança dos trabalhadores. Mas o Sindicato dos Rodoviários resolveu driblar a polícia. Primeiro tirou os ônibus das garagens, esperou a polícia ser desmobilizada e em seguida recolheu os coletivos.

Em mais uma decisão judicial, deferida neste domingo, 3/6, foi garantido o funcionamento da frota do transporte coletivo para esta segunda-feira, 4/6. A liminar, assinada pelo juiz plantonista Antônio Itamar de Souza Gonzaga, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), determina que, em caso de descumprimento, a multa será de R$ 1 mil reais por hora aplicada aos motoristas das empresas concessionárias do serviço público.

A decisão foi ignorada mais uma vez pelo Sindicato dos Rodoviários, que vem desdenhando do Poder Judiciário há uma semana.

Deixe uma resposta