BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Wilson vistoria obra de pavimentação de ramais em Iranduba



O governador Wilson Lima vistoriou, nesta segunda-feira (02/08), as obras de pavimentação do ramal da Cachoeira do Castanho, no município de Iranduba, região metropolitana de Manaus. Esse é um dos três ramais da rodovia AM-070 que o Governo do Amazonas está pavimentando. Os investimentos favorecem o turismo e a agricultura familiar, atividades econômicas praticadas na região.

“Ao longo desses três ramais que estamos trabalhando na 174, há uma atividade muito grande do setor primário, há muita produção. Muitos desses ramais estavam aqui praticamente intrafegáveis, dificultando a vida desses pequenos produtores, e hoje, o trabalho que estamos fazendo e que vamos entregar até o final do ano, vai facilitar muito a vida de quem atua aqui, de quem planta, de quem colhe, vai ser fundamental nesse processo de escoamento da produção", disse o governador.

O ramal da Cachoeira do Castanho tem o total de 7 quilômetros de extensão. O Uga-Uga tem 8,6 quilômetros e o ramal Santa Maria possui 7,33 quilômetros. Os investimentos na pavimentação desses três ramais chegam a R$ 19.683.978,46. Os serviços incluem: drenagem; terraplenagem; base; sub-base; pavimentação; imprimação e sinalização.

"Nós temos um cinturão de produção rural aqui na região metropolitana, especificamente aqui no município de Iranduba, boa parte das hortaliças que vão para Manaus são plantadas aqui, então as pessoas nem sempre têm noção da quantidade de produtores e, principalmente, de pequenos núcleos familiares que atuam nessa área. Estamos trabalhando para dar todo o apoio, dar todas as condições para que essa produção possa escoar e essas famílias possam vender os seus produtos e garantir o sustento", frisou Wilson Lima.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus