BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Wilson participa da última reunião de 2020 do CAS


Durante a 295ª reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS), realizada nesta quinta-feira (03/12), na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), zona sul da capital, o governador Wilson Lima destacou como um avanço na política de desenvolvimento regional a aprovação do projeto do Distrito Bioagroindustrial da Amazônia, uma iniciativa do Governo do Estado em parceria com o Governo Federal e a Prefeitura de Rio Preto da Eva.

Wilson Lima afirmou que o Distrito Bioagroindustrial, que será implantado no município de Rio Preto da Eva (a 78 quilômetros de Manaus) vai estimular a atividade agroindustrial e a bioeconomia como bases para geração de emprego e renda no interior, sobretudo na região metropolitana de Manaus.

Batizado de Darpe, o projeto vai desenvolver potenciais econômicos da região, em segmentos como pesca; movelaria; biojoias; extratos naturais; óleos vegetais e fitoterápicos; além do cultivo de banana, açaí, laranja, mandioca e outras frutas; criação de suínos, bovinos, aves e peixes.

A expectativa é que, até 2025, pelo menos 50 agroindústrias se instalem no Darpe, gerando cerca de 10 mil empregos diretos e envolvendo mais de 5 mil famílias de agricultores. Wilson Lima destacou que o projeto vem somar com os demais investimentos já apoiados pelo Governo do Amazonas para o crescimento econômico no chamado “corredor de desenvolvimento”, na rodovia AM-010, que inclui os municípios da região.

“Agora temos a aprovação de uma etapa importante do Distrito Bioagroindustrial do município de Rio Preto da Eva, que também vai fazer parte dessa construção de desenvolvimento de atividades econômicas no corredor da AM-010. Ele faz parte desse corredor da AM-010, cujo projeto de modernização da rodovia já está avançado na Caixa Econômica Federal, pois temos depositados R$ 220 milhões, que é resultado de uma emenda parlamentar, e a outra parte será complementada pelo Governo do Estado”, destacou Wilson Lima.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.