BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Wilson Lima reforça união dos três poderes para o enfrentamento da Covid-19 no estado


Em solenidade com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta segunda-feira (11/01), o governador Wilson Lima reafirmou que o apoio dos governos Federal e Municipal é fundamental nas ações de enfrentamento da Covid-19 na rede de saúde voltada para a atenção básica e de média e alta complexidade no estado. Wilson Lima enfatizou também a continuidade dos repasses, por parte da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), de recursos do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviço e Interiorização do Desenvolvimento do Estado do Amazonas (FTI).

“O que nós estamos enfrentando é algo inimaginável para qualquer cidadão, é por isso que a gente precisa da ajuda de todos, é preciso que tenhamos esse andamento que estamos tendo com o Governo Federal e com a Prefeitura de Manaus. O Governo Federal não tem medido esforços para nos ajudar, com o apoio dessa logística do gás, do oxigênio. Recebemos a informação de que o Ministério da Saúde está apoiando na contratação dos profissionais que irão reforçar a nossa rede, são mais de 1.400 profissionais, e os recursos já estão garantidos. Temos aqui em Manaus equipes do Ministério da Saúde e também profissionais do Hospital Sírio-Libanês, da Organização Pan-Americana de Saúde. São pessoas que estão nos emprestando tecnologia, experiências e vivências médicas que são importantes para montarmos a nossa estratégia”, afirmou o governador.

Ao ministro da Saúde, o governador reforçou a atenção necessária ao Plano de Imunização, diante dos desafios logísticos do estado. “Eu faço um apelo para que o estado do Amazonas, nesse primeiro momento, possa ter uma prioridade no sentido de receber a maior quantidade possível de doses, e a gente possa sobretudo vacinar aquelas pessoas em condição de vulnerabilidade, os indígenas, os profissionais de saúde, os idosos que estão no interior e aquelas comunidades mais distantes”, destacou Wilson Lima.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.