BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Wilson inaugura Ceti de Presidente Figueiredo


O governador do Amazonas, Wilson Lima, inaugurou, nesta sexta-feira (07/02), o Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Maria Eva dos Santos, em Presidente Figueiredo (a 100 quilômetros de Manaus), com capacidade para 960 alunos. No município, o governador também anunciou que o Governo vai retomar a distribuição gratuita de fardamento e material escolar para alunos da rede estadual, além de obras no sistema viário da cidade.

O novo Ceti é a quarta unidade do modelo entregue pela atual gestão, visando a melhoria da qualidade do ensino no estado. “Esse daqui de Presidente Figueiredo custou R$ 21 milhões e com recursos próprios. É uma unidade com infraestrutura melhor do que qualquer unidade da rede particular que a gente tem no estado do Amazonas. A gente tem piscina semiolímpica, campo de futebol, quadra, biblioteca, laboratório de informática e segunda feira as aulas já começam aqui”, destacou o governador.

Durante a solenidade, Wilson Lima anunciou que o Estado vai retomar a distribuição de fardamento e material escolar para o ano de 2020.

“Então nós estamos muito otimistas. Com esses avanços que nós estamos tendo na área educacional com o início do ano letivo de 2020. Inclusive a gente vai entregar esse ano fardamento para os alunos, tanto da capital quanto do interior, e também o kit escolar, que eram entregas que não eram feitas há cinco anos, no caso do fardamento escolar, e quatro anos, no caso do kit escolar, que isso não acontecia”, afirmou Wilson Lima.

Para o ano letivo de 2020, já está programado o atendimento a 420 estudantes no Ceti de Presidente Figueiredo, distribuídos em 12 turmas de 1ª a 3ª série do Ensino Médio. A unidade atende todos os critérios de acessibilidade. Para a estudante Jociele Duarte, de 18 anos, o Ceti é uma conquista e resolve o problema de superlotação das outras escolas estaduais da rede.

“Eu acho que além de bom, ele é super necessário, importantíssimo porque o nosso município apesar de ser pequeno tem uma grande população estudantil. Então abrange toda a população pelo fato do prédio ser amplo. Ele vai abranger bastante gente. Existiam prédios lotados, que não tinham onde colocar aluno, agora vai ter lugar de qualidade", disse.

A obra começou em 2014 e deveria ter sido entregue em 2016, mas foi paralisada em 2017 e retomada em ritmo lento em 2018. Durante todo o ano de 2019, a Secretaria de Educação trabalhou para finalizar a obra. O professor Ataíde Gomes acompanhou o processo desde o começo o nascimento do Ceti e falou sobre a importância da unidade para a comunidade escolar do município.

“Essa é uma importância grandiosa para a sociedade. Tanto para os alunos quanto para os professores, era um anseio grandioso de toda comunidade escolar. Então é uma escola de ensino médio onde eu tenho certeza que a comunidade vai olhar com uma outra visão, onde os seus filhos vão receber uma educação de qualidade e no futuro ingressar numa faculdade que é o que todo mundo espera que aconteça”, disse.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.