BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Wilson Lima anuncia reabertura do Hospital Nilton Lins para atendimento de pacientes com Covid-19


Em pronunciamento nas redes sociais oficiais do Estado, na noite desta sexta-feira (08/01), o governador Wilson Lima anunciou que o Governo do Amazonas vai iniciar o processo de reabertura do Hospital Nilton Lins para ampliar a capacidade de atendimento de pacientes com Covid-19 na rede estadual de saúde. Nos últimos dois meses, o Governo do Estado aumentou a quantidade de leitos em 134%, saltando de 457 para 1.164.

Wilson Lima afirmou que a estrutura está preparada para começar a funcionar e que será realizado um chamamento público para as empresas que têm interesse em prestar os serviços na unidade.

"Já estamos com a estrutura apta para começar a funcionar e iremos fazer um chamamento público para as empresas que tem interesse em prestar os serviços na unidade. Faço questão que a população acompanhe todas as sessões de contratação, que serão públicas e terão a participação de representantes dos órgãos de controle", disse o governador.

Wilson Lima governador
Pronunciamento foi nesta sexta-feira

Em dois meses, o Governo do Estado aumentou a capacidade a quantidade de leitos em 134%, saltando de 457 para 1.164 leitos. Todos esses leitos, caso o Governo do Estado tivesse colocado em hospitais de campanha, seriam o equivalente a três estruturas com a mesma capacidade do Pronto Socorro João Lucio, que possui 217

Vacinação

Wilson Lima também afirmou que o Governo do Estado tem preparado um plano de imunização da vacina para a população. Na próxima segunda-feira (11/02), o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, desembarca em Manaus para tratar do assunto, assim como de outras demandas referentes à Covid-19 no estado.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.