Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Wilson agradece ministro Lewandowski por apoio à Zona Franca de Manaus

O governador Wilson Lima participou, na manhã de sexta-feira (17), da cerimônia de entrega do título de cidadão amazonense ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), e agradeceu ao ministro o reconhecimento da constitucionalidade da Zona Franca de Manaus em diversas manifestações. A última foi quando Lewandowski votou contrário ao relator, ministro Marco Aurélio, no julgamento do STF, nos dias 24 e 25 de abril, no processo que ameaçava os polos de componentes e de concentrados da Zona Franca de Manaus (ZFM).

“O senhor entendeu a importância de garantir esses créditos para as empresas que estão aqui e para aquelas que compram produtos que saem da Zona Franca de Manaus. O nosso reconhecimento e a nossa gratidão, no momento em que o senhor se prontifica e age com justiça para ser mais um defensor da Zona Franca de Manaus, mais um defensor do nosso Amazonas. A Zona Franca não é só importante para o nosso povo, mas também é importante para o Brasil, para a balança econômica”, disse Wilson Lima.

Assim como Lewandowski, os ministros Celso de Mello e o presidente do STF, Dias Toffoli, votaram a favor da Zona Franca de Manaus garantindo a permanência do crédito de Impostos sobre Produtos Industrializados (IPI).

Hoje, depois de receber o título de cidadão amazonense, Lewandowski exaltou a Zona Franca de Manaus dizendo que o modelo de desenvolvimento econômico do Amazonas é “grande e inteligente”. Ela ainda classificou a Zona Franca como uma “verdadeira política de estado” e disse que, como cidadão amazonense, vai lutar pelo bem-estar e felicidade do povo da região.

Além do governador Wilson Lima, políticos e outras autoridades locais estiveram presentes na cerimônia. A deputada Joana Darc (PR) foi escolhida pelo parlamento para saudar o ministro.

Cidadão amazonense – O título foi proposto pelo presidente de Assembleia Legislativa do Estado, Josué Neto, que levou em consideração a defesa da Lei Ficha Limpa e do fim do nepotismo, a criação da audiência de custódia e do reconhecimento da constitucionalidade do modelo ZFM, como alguns dos feitos do ministro para entregar a mais alta comenda do legislativo.

Deixe uma resposta