BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Vaquinha online arrecada recursos para mãe e filha que lutam contra o câncer


A luta contra o câncer não é fácil e requer muita força e coragem. Agora, imagine enfrentar essa batalha em dobro. Esse é o caso das amazonenses Ingrid e Victória Souza, mãe e filha que viram suas vidas mudarem completamente após serem diagnosticadas com a doença com menos de um mês de diferença. Junto a isso, veio a internação da avó, que atualmente aguarda uma cirurgia no colo do fêmur. Para ajudar com os custos do tratamento, amigos criaram uma “vaquinha” online e estão divulgando a causa através das redes sociais. A contribuição pode ser feita por meio do link: https://doacaolegal.com.br/c/vic-e-guidis-contra-o-cancer.

A meta é chegar aos R$ 100 mil e é possível fazer uma doação a partir de R$ 10. “Toda a doação será revertida em remédios, tratamento médico, consultas, exames e alimentos, já que não podemos mais trabalhar”, explica Ingrid Souza.

Três mulheres, três gerações da mesma família, hoje lutam lado a lado para superar um dos momentos mais difíceis da vida. A batalha começou no fim de 2019, quando Vitória, a neta de apenas 20 anos, começou a apresentar perda de visão. Em janeiro deste ano, exames detectaram um tipo de câncer chamado Linfoma de Hodgkin, muito raro para sua pouca idade. Vitória está em tratamento de quimioterapia e terá que fazer radioterapia caso a doença não regrida.

Cerca de 20 dias depois do diagnóstico da filha, Ingrid descobriu um câncer de mama. Fez a cirurgia para a retirada do tumor e está tentando seguir o tratamento de quimioterapia e radioterapia, enquanto acompanha a mãe, que está internada. Marliete, a matriarca da família, sofreu um acidente em meados de 2018, foi submetida a duas cirurgias malsucedidas e somente depois de dois anos conseguiu a internação. Precisa substituir uma prótese, mas como há uma grande infecção, ainda não é possível.

A ideia da arrecadação online veio da amiga Marcela Xavier, que criou a “vaquinha” em março, na plataforma Doação Legal. Através da iniciativa, conseguiram angariar mais de R$ 12 mil, que foram usados nos tratamentos e exames, mas ainda faltam recursos para cobrir todos os custos.

Outra amiga da família, Jeane Sombra, decidiu então criar uma página no Facebook chamada “Amigos da Ingrid” para ajudar a divulgar a causa e pedir doações. Na rede social, é possível acompanhar a rotina de tratamento da avó, mãe e filha, e se unir à “corrente do bem” compartilhando informações sobre a arrecadação. Quem tiver interesse em colaborar diretamente, pode fazer um depósito para a conta corrente 10042-0, agência 3715, banco Bradesco, ou na conta 24774-×, agência 5785, Banco do Brasil, CPF 018195162-29, Victória Lohami Souza da Costa.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.