BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

‘Vinda de Bolsonaro a Manaus após mortes de Dom e Bruno é escárnio’, diz Serafim


O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) classificou nesta sexta-feira, 17, como “escárnio, falta de respeito e sensibilidade” a vinda do presidente Jair Bolsonaro, a Manaus, para uma motociata com apoiadores, pouco mais de 48 horas após a Polícia Federal encontrar os restos mortais que seriam do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira, assassinados no Vale do Javari, no Amazonas.

O evento está previsto para ocorrer no sábado, 18.

“A vinda do presidente da República a Manaus, neste momento, para participar de uma motociata, é um escárnio, é uma falta de respeito e sensibilidade à vida humana. É um escárnio, em primeiro ponto porque nós estamos de luto, foi no nosso solo, foi na nossa terra, que duas pessoas foram eliminadas brutalmente, que foram assassinadas barbaramente, crimes que mexeram com todo o mundo. O mundo inteiro está protestando e querendo maiores esclarecimentos sobre tudo isso que aconteceu”, criticou Serafim.

Paralelo a isso, Serafim destaca que o presidente vem à capital amazonense no instante em que a Petrobras anuncia reajustes de 5,2% no preço da gasolina e de 14,2% no preço do diesel.

“(...) ele vem exatamente no dia em que a Petrobras anuncia o aumento do preço dos combustíveis. Aí vem uma motociata para quê? Para mostrar para o povo que o combustível continua aumentando? Apesar dele atribuir a culpa ao ICMS, que não aumentou, continua o mesmo. Quem aumentou o preço dos combustíveis foi a Petrobras, que tem a sua diretoria nomeada por ele. Portanto, é inconveniente, é inaceitável, é um escárnio essa vinda do presidente para fazer uma motociata nesse momento de luto e nesse momento em que ele traz uma péssima notícia, que é o aumento do preço dos combustíveis”, completou o deputado.

O líder do PSB no parlamento estadual observou que é de interesse público que seja dada transparência sobre quem patrocina eventos como o deste sábado.

“Àquela marcha não foi para Jesus, aquela marcha foi uma marcha política, eleitoral, fora de período, fora de tempo. E agora ele volta para passear de motocicleta. Seria muito bom saber quem está pagando o combustível dessas motocicletas, porque elas não estão indo de graça. Elas estão indo com alguém patrocinando combustível e isso tudo é uma afronta à Justiça Eleitoral, que ele agride todos os dias”, concluiu Serafim.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.