BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Universitário da UEA aplica golpe via pix de R$27 mil na própria amiga



Um estudante de medicina da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), identificado como Lailson Megueira Navarro, de 26 anos, está sendo investigado pela Polícia Civil (PC-AM) por estelionato. Ele é suspeito de aplicar um golpe de R$ 27 mil em uma amiga, por meio de transferências PIX do celular dela.

O caso aconteceu no dia 6 de janeiro, mas só foi registrado na última terça-feira (8), após a vítima ter notado a ausência do dinheiro em sua conta.

De acordo com informações da Polícia Civil, uma médica de 25 anos registrou um Boletim de Ocorrência (BO), no 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), relatando que teve sua conta-corrente invadida e que foram efetuadas 10 transferências bancárias, totalizando o valor de R$ 27.500,00.

Segundo o delegado Marcelo Martins, o rapaz seria amigo próximo da vítima e em uma determinada situação, emprestou o celular dela para fazer uma pesquisa alegando que o seu celular havia descarregado. Em conhecimento da senha do celular da vítima, ele acessou a conta bancária da amiga e transferiu o valor em questão para a conta de um outro colega, que também foi enganado, pois após receber a quantia precisou transferir de volta os valores recebido para a conta do rapaz.

“Ele sempre saía de perto de mim quando pegava o meu celular, a princípio, eu achava que ele fazia isso porque queria ter mais privacidade. Na semana passada, decidi conferir a minha conta de pessoa jurídica, que foi de onde o suspeito retirava a quantia, e foi então que percebi que havia algo errado com o meu saldo bancário”, relatou a vítima.

Os valores das transferências variavam entre R$ 1 mil e R$ 6 mil, que eram repassados imediatamente para a conta do estudante.

Trechos de conversas do WhatsApp foram divulgadas nas redes sociais, onde a vítima comenta sobre os gastos do estudante com o dinheiro dela. A médica conta que chegou a ir na casa do até então amigo, mas não disse que já tinha conhecimento dos furtos, e ao chegar lá percebeu que o suspeito havia realizado várias compras e estava cheio de novos aparelhos tecnológicos.

A polícia conta que durante o depoimento do suspeito ele acabou confessando o crime e se comprometeu em devolver o dinheiro que pegou da vítima. Lailson já tem passagem pela polícia por furto qualificado, pois já havia furtado o notebook de uma professora da faculdade.

O estudante responderá pelo crime de estelionato em liberdade e ficará a disposição da Justiça.

Fonte: Portal CM7

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.