BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Unicef beneficia maternidades do AM com 114 mil itens de EPI


Todas as sete maternidades da rede estadual de saúde, em Manaus, serão contempladas com 114 mil novos itens de EPI e de assistência para os profissionais de saúde das unidades. O material foi doado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), órgão vinculado à Organização das Nações Unidas (ONU), ao Governo do Amazonas para apoiar ações de enfrentamento e combate a Covid-19.

Ao todo, foram doados para as maternidades 48 mil pares de luvas não-cirúrgicas; 18 mil máscaras cirúrgicas tripla com elástico; 6 mil aventais manga-longa TNT; 6 mil toucas descartáveis; e 36 mil sapatilhas branca propé.

Todas as maternidades devem ser abastecidas com os insumos entre hoje (27) e amanhã, quinta-feira (28). Por volta das 15h desta quarta, uma equipe do Unicef realizou a entrega dos equipamentos na Maternidade Ana Braga, localizada na Avenida Cosme Ferreira, São José, zona leste da capital.

As doações do Unicef são parte do Programa de Cooperação que a entidade possui no Brasil.

“Estamos recebendo esses equipamentos, que são de grande alento, porque sabemos que a demanda é muito grande. E o Governo do Estado tem nos dado muita atenção, em parceria com a Unicef. Esses equipamentos vão nos ajudar a equipar nossos profissionais. Hoje, nós estamos recebendo EPIs, o que vai dar melhores condições de trabalho para eles”, comemorou Rosiene Lobo, diretora da maternidade Ana Braga.

De acordo com Neideane Ribeiro, ponto focal de saúde do escritório do Unicef em Manaus, o objetivo da ação em parceria com o Governo do Estado é garantir o bem-estar e segurança dos profissionais de saúde, para que eles possam executar seus trabalhos em total segurança, diminuindo o índice de contaminados entre a classe.

“O intuito é conseguir garantir para os profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, todos que estão hoje na linha de frente, a proteção mais adequada e minimizar o número de profissionais acometidos também pela Covid-19”, destacou a representante da Unicef.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.