Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM) deve perder 38 milhões de reais com o corte de verbas promovido pelo governo Bolsonaro. A informação é do reitor Sylvio Puga, que está em Brasília para tentar negociar uma alternativa com o Ministério da Educação (MEC). A medida afeta universidades e institutos federais em todo o país.

Em São Gabriel da Cachoeira, região de fronteira com a Colômbia, alunos do IFAM no município protestaram contra a medida durante a visita do ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, o general Carlos Alberto Santos Cruz. Ele teve uma reunião com o governador Wilson Lima na cidade nesta segunda-feira (6). As informações são da Band News.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.