BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Tropical Hotel fica disponível novamente para leilão


O Tropical Hotel Manaus está mais uma vez disponível para arremate. Em despacho divulgado na tarde desta terça-feira (03), o juiz Paulo Assed Estefan, do cartório da 4ª Vara Empresarial, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, assina o processo eletrônico que desqualifica o vencedor do leilão do Hotel Tropical e abre chance para a segunda maior oferta. As informações são do portal A crítica.

O tradicional imóvel foi arrematado pelo valor de R$ 260 milhões durante leilão realizado pelo Sindicato dos Leiloeiros do Rio de Janeiro, na tarde do dia 11 de fevereiro deste ano, na capital carioca.  O complexo localizado no bairro Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, foi adquirido por um empresário Otacilio Soares de Lima.

Nesse panorama, concedido à empresa paraense Geretepaua Engenharia Ltda, que deverá pagar R$ 255 milhões pelo imóvel. Este é o segundo arrematante a não cumprir com acordo de venda do imóvel.

“A gente tem interesse, mas não podemos passar nenhuma informação concreta sobre o assunto”, disse o sócio, administrador e dono da Geretepaua Empreendimentos, Pablo Vinicius Rangel Canto. O empresário se limitou apenas a informar que está vendo a viabilidade para finalizar o negócio.

De acordo o documento do tribunal carioca, a desqualificação do vencedor do leilão, o empresário chamado Otacilio Soares de Lima, se deu por inadimplemento (não pagamento) por parte do proponente que ofereceu o maior lance, no valor de R$ 260 milhões. Como previsto no edital e consta do próprio auto de arrematação, isso desqualifica o vencedor e abre chance para a segunda maior oferta.

O empresário que arrematou o prédio tinha o prazo de 20 dias corridos para depositar o valor, até a data limite de 02/03/2020, e pagar as custas cartoriais de 1% até o máximo permitido por lei.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.