Calendário

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Três vítimas de acidente aéreo recebem alta hospitalar

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) prestou atendimento médico a todas as dez vítimas do acidente aéreo, ocorrido na tarde de segunda-feira (16). Nesta terça-feira (17), três vítimas receberam alta, conforme boletim de saúde divulgado nesta tarde.

De acordo com o secretário da Susam, Rodrigo Tobias, quatro unidades foram mobilizadas para receber as vítimas em Manaus. Os hospitais e prontos-socorros (HPS) 28 de Agosto, João Lúcio, Platão Araújo e Zona Norte (Delphina Aziz) realizaram os exames necessários e deram atendimento médico imediato. Ainda na noite de segunda-feira, o secretário da Susam visitou os pacientes nas enfermarias.

Vítimas – Dois passageiros da aeronave são colaboradores do Governo do Amazonas. São eles: Vanna Agostinho da Mota, 33 anos, que presta serviço à Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), por meio de contrato temporário firmado em parceria com a Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (Aades), e Francisco Pereira de Souza, 40 anos, funcionário comissionado da Secretaria de Estado de Trabalho (Setrab).

Os dois servidores seguem internados no HPS Platão Araújo. Vanna chegou à unidade com fratura exposta na perna esquerda, mas lúcida e respirando normalmente e segue estável sob cuidados médicos. Francisco teve fratura na perna, também continua em observação recebendo tratamento.

Também foi levado para o mesmo HPS, Antônio José Maciel de Oliveira, de 60 anos, com contusão na perna esquerda, ele continua em observação na unidade recebendo atendimento e Maria Cristina Magalhães, 51 anos, que após atendimento inicial, foi transferida para o HPS João Lúcio e segue aos cuidados da ortopedia.

No HPS 28 de Agosto foram atendidos Dilson Marcos Kovalski, 56 anos, com queimaduras de segundo grau na mão direita e fratura exposta em tornozelo esquerdo. Após atendimento inicial de emergência, o paciente foi transferido para um hospital particular. Ricardo Lorentino Koba, 35 anos, também foi atendido na unidade, com dores na coluna e tornozelo, e recebeu alta no mesmo dia.

A vítima Dilvete Nunes Magalhães, 45 anos, continua internada no 28 de Agosto com fratura na perna direita e costelas, com quadro estável a paciente segue recebendo atendimento no Hospital 28 de Agosto.

André Costa de Oliveira Neves, atendido inicialmente no HPS Delphina Aziz, foi transferido para o HPS João Lúcio e após avaliação também recebeu alta.

O HPS João Lúcio recebeu o piloto da aeronave, Marcos Antônio Mousardo, que chegou com a unidade com uma fratura exposta na perna, na bacia e se encontra internado na UTI, sob cuidados da equipe médica; e Dário Teixeira Souza, 35 anos, recebeu alta nesta terça-feira, após receber atendimento.

Nota oficial da empresa:

A TWOFLEX informa que a aeronave da companhia, prefixo PT-MHC, fez um pouso de emergência logo após a decolagem do Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, sem nenhuma vítima fatal. Todos os oito passageiros e dois tripulantes que estavam a bordo já receberam atendimento médico.

A empresa está em contato com as autoridades responsáveis e também em processo de contato com as famílias dos envolvidos. A aeronave, que faria o voo de Manaus para Maués (OWT 5582) e saiu às 12h20 do horário local, é um Monomotor Cessna Grand Caravan, equipada com motor PWC modelo PT6A-114A, com 22.846,3 horas de utilização desde nova (TSN), com sua última manutenção realizada no dia 31/08/2019. Portanto, estava em conformidade com as inspeções requeridas pelo fabricante.

A tripulação possui bastante experiência, sendo que o comandante Marcos Musardo tem 22.800 horas totais de voo e o copiloto André Neves tem 970 horas totais de voo. Ambos estiveram recentemente em treinamento no simulador de voo da TWOFLEX. A empresa já ativou seu plano de resposta a emergências e está fazendo todo o possível para auxiliar as autoridades.

A TWOFLEX trabalha em conjunto com as autoridades de investigação e continuará a apoiar seus esforços até a apuração do ocorrido. A TWOFLEX lamenta profundamente o ocorrido, e dará informações adicionais à imprensa à medida que estas estiverem disponíveis.

Deixe uma resposta