BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

TJAM decide voltar ao home office em virtude do aumento de casos



O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) publicará nesta quinta-feira, 13/01, portaria autorizando as unidades administrativas e judiciais do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas a, de modo extraordinário, adotarem regime de home office e, quando este não for possível, escalas de revezamento até a data de 31 de janeiro de 2022.

De acordo com a portaria, devem ser mantidos em regime presencial no mínimo 50% (cinquenta por cento) dos integrantes de equipes que atuem em um mesmo ambiente de trabalho, ressalvados os casos em que a medida traga prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

"Para os terceirizados vinculados a prestadores de serviços que mantêm vínculo contratual com o Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, o percentual presencial corresponderá ao mínimo de 70% (setenta por cento), devendo ser observada a natureza e a essencialidade de cada atividade exercida", assinala a minuta da portaria já lida por todos os desembargadores do TJAM.

LEIA A PORTARIA QUE SERÁ PUBLICADA NESTA QUINTA-FEIRA

Portaria TJAM.pdf
Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus