BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

TCE-AM destina mais de 10 toneladas de resíduos sólidos para reciclagem


Para incentivar a reciclagem e evitar o desperdício, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) realizou, na manhã desta terça-feira (13), o encerramento do recolhimento e destinação correta de mais de 10 toneladas de resíduos sólidos acumulados durante os trabalhos em home office na Corte de Contas. Todo o material acumulado foi levado para uma cooperativa de recicladores e catadores de Manaus para posterior reutilização.

Para o presidente do TCE, conselheiro Mario de Mello, a ação socioambiental da Corte de Contas pode servir como incentivo para que os demais órgãos da administração pública também façam o mesmo.

“O Tribunal de Contas do Amazonas precisa ser sempre o órgão a tomar iniciativas socioambientais, até mesmo para servir como exemplo para toda a administração pública. Dessa forma, até mesmo itens que seriam considerados lixos e descartáveis, podem ter uma destinação correta e serem, posteriormente, reutilizados, sem afetar o meio ambiente”, disse o conselheiro Mario de Mello.

Segundo o coordenador de ações ambientais do TCE, conselheiro Júlio Pinheiro, ações como a realizada nesta semana e finalizada hoje já fazem parte da mentalidade socioambiental do servidor da Corte de Contas.

“Há anos que realizamos ações como essa justamente para que não se torne algo isolado. É do dia a dia do TCE agir de forma socioambiental. Nesse sentido, inclusive, é de grande orgulho ter a certificação de adesão à Agenda A3P, expedida pelo Ministério do Meio Ambiente e destinada apenas aos órgãos públicos que implantam responsabilidade socioambiental nas atividades administrativas e operacionais da administração pública”, enfatizou o conselheiro Júlio Pinheiro.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus